Jovem com Down vai até o túmulo da mãe contar sua conquista: “Eu consegui. Eu me formei hoje!”

Entre todas as pessoas que aplaudiram Paul Marshall Jr. no dia da sua formatura do Ensino Médio, não estava Latonya Marshall, a mãe dele, que faleceu em 2009 de câncer.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ainda assim Paul fez questão de ir até o túmulo dela comemorar a conquista e agradecer pelo apoio que recebeu durante toda a sua infância.

Paul Jr. visitando o túmulo da mãe
Ele fez questão de agradecer a mãe pela conquista. | Reprodução: My Positive Outlook

Paul perdeu a mãe com apenas 9 anos e nunca desistiu de buscar seus sonhos e objetivos. Ele diz que até hoje sente muita falta dela, mas sabe que ela está em boas mãos.

Deus tem minha mãe“, explicou ele. “E minha avó cuidará da minha mãe.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Paul Jr. e a mãe
Foto da família mostra Paul Jr. abraçando a mãe. | Reprodução: Meu Positive Outlook

Paul Marshall, pai do jovem, disse que a morte da esposa realmente foi muito difícil para ele e o filho, mas eles “aprenderam a suportar”.

Ela sempre quis o melhor para Paul Jr. Suas últimas palavras foram: ‘Eu só quero ver Paul Jr. se formar’.”, comentou o pai.

Leia também: Pai orgulhoso desafia as pessoas a lutarem com ele depois que filha com Down se forma na faculdade

E Paul Jr. sempre guardou o desejo da mãe no coração. Antes da festa, o jovem falou para o pai que queria levar algumas flores para comemorar a vitória com a mãe.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

No caminho da festa de graduação, Paul Jr. e o pai fizeram uma parada no cemitério onde Latonya está enterrada para que o menino a homenageasse.

Mamãe, tenho algo a dizer. Eu fiz isso. Eu me formei hoje. Eu sei que você ficaria orgulhosa de mim e feliz. Eu te amo muito.“, disse Paul Jr.

Paul Jr
Reprodução: My Positive Outlook

Força e determinação

Força e determinação nunca faltaram para Paul Jr. Além de ter nascido com Síndrome de Down, ele tem algumas outras complicações de rim e coração.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

E isso quase atrapalha os estudos de Paul.

Com menos de um ano antes de se formar, ele teve um agravamento do seu problema cardíaco. Isso fez com que ele passasse por uma cirurgia para colocação de uma nova válvula cardíaca.

Em poucas semanas ele gerou uma outra complicação, decorrente da cirurgia, que comprometeu o seu único rim. Para reverter o quadro, o pai de Paul doou o rim para ele. Os dois tiveram que passar por uma cirurgia que durou 8 horas.

Segundo Paul, não importa o momento que o filho esteja passando, ele sempre encontrará uma forma de superar.

Se você está tendo um dia ruim ou está passando por algo, Paul Jr. é a pessoa com quem você quer estar por perto e conversando naquele dia“, disse Paul.

Leia também: Menino com síndrome de Down chora quando a irmã é tirada de perto dele

Paul Jr. é uma inspiração para todos nós. Não é apenas o fato de ter conseguido se graduar em uma escola, sem se abater pelas suas limitações. É pela delicadeza em sentimentos que ele guarda no coração, principalmente pela mãe.

Paul e pai
Ele conseguiu! | Reprodução: My Positive Outlook

Parabéns pela formatura Paul Jr.

O pai dele gravou o momento da visita ao túmulo da mãe. O vídeo é cheio de doçura e emoção!

Veja também:

 

FONTE: My Positive Outlook

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM




Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,850,818SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Vans lança linha de tênis sensoriais para pessoas autistas

A marca Vans, símbolo entre os skatistas, anunciou recentemente o lançamento da coleção Vans Autism Awareness Collection ("Coleção Consciência sobre Autismo da Vans", em tradução...

Com doação de sobras, dono de hortifrúti evita desperdício e aumenta vendas no RJ

Para evitar o enorme desperdício de excedentes não-comercializadas (mas em ótimo estado para consumo) de frutas, verduras e legumes de sua mercearia e hortifrúti,...

Rejeitado pelo pai, menino que nasceu sem braços e pernas recebe apoio de internautas para a compra de uma cadeira especial

Miguelzinho Arthur Gomes da Silva, de 6 anos, de Fortaleza (CE) nasceu sem os braços e pernas devido a uma má-formação dos membros. O...

Instagram