Jovem com Síndrome de Down cria marca de brigadeiro e coleciona clientes famosos

Gabriel Bernardes tem só 21 anos de idade e já é dono do próprio negócio: o Downlicia. O jovem portador da Síndrome de Down cozinha desde os 9. Ele começou a fazer brigadeiros gourmet este ano, mas não para de receber elogios e conquistar novos clientes.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Com o dinheiro da venda dos docinhos, Gabriel já consegue ajudar nas despesas de casa. Ele vive com a mãe, a secretária Marta, e a irmã mais velha, Caroline, de 22, na zona sul de São Paulo.

Gabriel começou a se interessar pela cozinha ainda na infância, quando já fazia sanduíches e sucos sozinho, sem a ajuda de ninguém, mostrando uma independência surpreendente, muito mais pela idade do que pela sua condição. Depois, aprendeu a fazer café, fritar ovo, etc. Algumas pessoas não acreditavam quando ele dizia que sabia conversar. Foi quando a mãe teve a ideia de gravar vídeos de Gabriel mostrando seu talento na cozinha.

A mãe também faz questão de mostrar o dia a dia do filho, para desmistificar outros mitos em torno das pessoas com Down, como ele se barbeando e fazendo aulas de bateria. Tudo isso com o objetivo de mostrar a vida autônoma que Gabriel leva.

A vida do jovem, de fato, não é muito diferente das outras pessoas. Ele sai sozinho, resolve as tarefas do dia a dia e tem conta no banco. Em abril, a mãe postou um vídeo no qual Gabriel aparece fazendo brigadeiros de limão e de café. Amigos e familiares começaram a perguntar se eles estavam vendendo os doces.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Como havia demanda, eles decidiram então criar o Downdelícia. O negócio começou em uma boa hora, já que a família enfrentava problemas financeiros desde 2015, quando o negócio que a mãe tinha começou a declinar. Martha e os filhos precisaram mudar do apartamento alugado onde viviam para morar em outro bem mais simples, sem contrato formal. A situação era bastante grave, já que ela não tinha apoio financeiro do pai dos filhos.

#repost @uoloficial Para Martha, mãe de Gabriel Bernardes, a síndrome de Down do filho não é um empecilho para uma vida independente. Inspirada nesta verdade, ela o apoiou a criar a @Downlicia, marca de brigadeiros gourmet. Aos 21 anos, o jovem também possui um canal no Youtube no qual mostra suas habilidades na cozinha: “O Gabriel começou a se interessar por cozinhar com uns nove anos. Ele fazia sanduíches e sucos. Já maior, eu o ensinei a mexer no fogão, e ele aprendeu a fazer café, fritar ovo. Quando falava para alguém o que ele sabia fazer, percebia que a pessoa me olhava desacreditando. Foi assim que tive a ideia de gravar os vídeos”, conta a mãe. E ele não para por aí! Tem planos para aumentar o negócio: “Quero comprar um carro e ter a minha própria loja”, disse ele ao UOL Estilo. Foto: Felipe Gabriel/UOL #UOL #brigadeiro #Downlicia#empreendedorismo #receitas #comofaz

Uma publicação compartilhada por Downlicia (@downlicia) em

Vem comer brigadeiro aqui em Santos! ??‍?? #downlicia #santos #brigadeiro #sindromededown #lovemyjob

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Uma publicação compartilhada por Downlicia (@downlicia) em

As encomendas não param de chegar e o negócio engrenou de vez. O Downdelícia é um sucesso nas redes sociais. A página no Facebook possui mais de 13 mil curtidas e a conta no Instagram tem mais de 4.500 seguidores. Os doces de Gabriel também adoçam o paladar de clientes famosos, como a youtuber Kéfera, que até gravou um vídeo no Stories da sua conta pessoal no Instagram mostrando os doces e o folheto da marca.

 

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

Relacionados

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

995,342FãsCurtir
1,905,245SeguidoresSeguir
9,286SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Idosa de 87 anos confecciona máscaras de proteção para distribuir gratuitamente no MA

Sem conseguir encontrar máscaras de proteção, a professora, bióloga e engenheira civil Renatha Costa uniu forças com sua avó, dona Bernarda, 87 anos, para...

Magazine Luiza doa 1.000 colchões e travesseiros para moradores de rua em Belém (PA)

Desde o último sábado (21), o Estádio Olímpico do Pará, o Mangueirão, passou a receber centenas de pessoas em situação de rua da Região Metropolitana...

Após ver família comendo restos do lixo, homem abre restaurante para servir pessoas carentes

O dono de um restaurante em Vila Velha (ES) abriu seu estabelecimento para atender gratuitamente pessoas em situação de rua durante a pandemia de...

Angelina Jolie doa R$ 5 milhões para manter merenda de alunos durante quarentena

A atriz Angelina Jolie, 44 anos, doou US$ 1 milhão (R$ 5,2 milhões) para manter a distribuição de merendas escolares para crianças de baixa...

ONG cria pias portáteis para moradores de rua lavarem as mãos

Um dos grupos mais afetados pela pandemia de coronavírus é o dos sem-teto. E não é para menos! Sem acesso a medidas básicas de saúde,...

Instagram