Jovem que deu o próprio tênis a garoto em metrô ganha calçados de marcas

Gente, publicamos na semana passada o vídeo de um jovem que tira o próprio tênis para dar a um garoto deficiente no Metrô de São Paulo. Com a ajuda dos nossos seguidores, conseguimos encontrá-lo e conhecer mais a sua história. ❤

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ele se chama Gabriel, tem 21 anos e mora em Cotia (SP). Conversando com o Gabriel, ele explicou que naquele momento não se preocupou em ficar descalço: só queria ajudar o menino

Pois, bem. Após a repercussão, algumas marcas de calçados procuraram o Gabriel para presenteá-lo, reconhecendo o seu lindo gesto!

“Estou muito feliz, não esperava mesmo essa repercussão”, disse emocionado.

foto do jovem que tirou o próprio tênis e dá para garoto deficiente que pedia ajuda
Gabriel ficou conhecido após a repercussão de um vídeo dele dando os próprios tênis a um garoto no Metrô de São Paulo. Foto: Arquivo Pessoal

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Além dos presentes, ele recebeu mensagens muito carinhosas de marcas como ArtWalk, Netshoes e Reserva.

“Para você não ficar com um par de tênis a menos em seu armário, viemos aqui te presentear”, diz uma das mensagens.

print da conversa da Netshoes com garoto que tirou o próprio tênis para dar a menino em metrô
Foto: Reprodrução/Instagram

“Você é um grande exemplo, em tempos tão difíceis, é lindo ver atitudes assim.”

Ah, e tem mais, a marca Havaianas já entrou em contato com o Razões e não presenteará somente o Gabriel, mas também o menino do vídeo e sua família!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

tênis que menino que deu o próprio tênis a garoto em metrô ganhou
Após a repercussão, algumas marcas de calçados procuraram o Gabriel para presenteá-lo, reconhecendo o seu lindo gesto! Foto: Arquivo Pessoal

Quem é o garoto ajudado pelo Gabriel?

Descobrimos quem é o menino ajudado pelo Gabriel! Ele se chama João Lucas, tem 17 anos e mora com a família na favela da Vila União, na Zona Leste de São Paulo.

Por coincidência, lançamos na terça (19) a vaquinha para ajudar a sua família através do torcedor corintiano Alexandre, que conheceu a família através de um dos irmãos do João Lucas, durante um jogo do Corinthians.

foto de torcedor com família que eele está ajudando
João Lucas vive com a família na favela da Vila União, na Zona Leste de São Paulo. Foto: Arquivo Pessoal

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Vivem na pequena casa na favela da Vila União, o João Lucas e seus irmãos: Felipe (15) e Messias (14), além dos pais, o pedreiro, desempregado há anos, Vaudeci Cordeiro da Silva, e a mãe, a catadora de recicláveis, Roseli das Dores.

A vaquinha é para ajudar a reformar a casa da família que não tem nem banheiro! Clique aqui e contribua.

Ah, através do Alexandre, o João Lucas conseguiu o  acompanhamento de um profissional para ver o problema dele. Por conta de um acidente que ele sofreu há 3 anos, hoje, João Lucas tem dificuldades para caminhar. Tudo indica que ele ficará bom logo, logo!

torcedor com afamília que ele está ajudando
Foto: Arquivo Pessoal

Que coisa, né, gente! Lindas coincidências aqui no Razões! ❤

Compartilhe o post com seus amigos!

  • Siga o Razões no Instagram aqui.
  • Inscreva-se em nosso canal no Youtube aqui.
  • Curta o Razões no Facebook aqui.
  • Envie sua história aqui.

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,520,475SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Vendedor de água virou palestrante e vai para Harvard

Rick Chesther ficou famoso depois que um vídeo dele explicando como ganhar dinheiro vendendo água viralizou.

Por falta de detentos, Suécia fecha 4 presídios

Na Suécia, os problemas de super lotação e rebeliões não são noticiados, por lá, a notícia é outra: quatro presídios e um centro de detenção...

Professor faz circuito de Educação Física com aluno cadeirante e o ajuda a cumprir toda a atividade

O Nilton Pontes é professor de Educação Física na UniNorte, em Rio Branco, no Acre e nos deu uma lição de respeito e empatia. Um...

Advogado revitaliza canteiros abandonados e flores atraem borboletas

Entre a rua e a ciclovia, em canteiros abandonados, advogado cultiva espécies de flores que fornecem alimento e abrigo a borboletas. As primeiras já chegaram!

Instagram