Vendedora de sacolés abre própria doceria no auge da pandemia e faz sucesso no RS

No início deste ano, Taiana Santos, de Nova Cachoeirinha (RS), decidiu abrir sua própria doceria no auge da pandemia. Antes, a jovem que estava sem trabalho fixo fazia alguns meses, tinha começado a vender sacolés na frente de sua casa.

O que começou como um trabalho temporário para garantir o sustento da família acabou se tornando um negócio próspero e bastante lucrativo! 🤩

Taiana está concorrendo na categoria Empreendedor(a), do Prêmio Razões Para Acreditar, premiação que destaca histórias de pessoas reais. Clique aqui e vote!

“Aquele momento que a ‘renda extra’, a ‘brincadeira’, o ‘tapa buraco’ já virou uma empresa, um negócio… 🙏🏻”, escreveu Taiana em um post compartilhado no Facebook, comemorando o sucesso do “Doces da Tai”.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

jovem vende sacolés após ser demitida e abre doceria

“E com certeza, não é mais uma brincadeira! Amo minha profissão e tudo o que construí 💞”, completou ela, que hoje agradece por ter saído do emprego antigo, de CLT (com carteira assinada) e se transformado numa empreendedora de sucesso.

jovem vende sacolés após ser demitida e abre doceria

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Atualmente, além da venda de sacolés ‘gourmet’, a jovem expandiu os negócios para todos os tipos de quitandas e quitutes.

Através das vendas – tanto físicas quanto virtuais, – o faturamento da gaúcha pode chegar a R$ 30 mil mensais!

jovem vende sacolés após ser demitida e abre doceria

Taiana está concorrendo na categoria Empreendedor(a), do Prêmio Razões Para Acreditar. Clique aqui e vote!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Confira o post na íntegra:

Fotos: Reprodução / Instagram: @taianasantos__

Relacionados

Após vaquinha para próteses bater meta, pintor exalta os filhos: “Eles são meus dois braços”

Quando nos unimos, temos um poder extraordinário... Juntos! 💪 Em cerca de 24 horas, batemos a meta da vaquinha para comprar as próteses do José,...

Vendedor adapta carretinha em bicicleta para trabalhar e cuidar do filho durante a pandemia

Luan Maciel Carvalho, de 24 anos, é vendedor de salgados em Santa Helena de Goiás (GO) e não tinha com quem deixar o filho...

+ DO CANAL

Com leveza, jovem cego que fez mochilão pelo mundo desmistifica sua deficiência visual na internet

Quem disse que cego e academia não combinam? Ou que cego não se aventura, não viaja? O jornalista Fernando Campos tem desmistificado mitos sobre...

De bike, professora leva educação a alunos da zona rural que não podem acompanhar aulas online

Sensível às dificuldades dos estudantes da zona rural de uma comunidade baiana em acompanhar as aulas virtuais devido à falta de acesso à internet,...

Com sensibilidade, menino convence irmã mais nova a calçar sapato que combina com seu vestido [VIDEO]

Uma pequena história, do nosso dia a dia, mas que nos fez refletir muito. Com sensibilidade e carinho, o pequeno André Pretti convenceu a...

Filho dá seu primeiro salário como streamer para mãe que sempre o apoiou [VIDEO]

Desde que saiu de casa com o sonho de se tornar um streamer profissional, Allyson Galdino prometeu para si mesmo que entregaria seu primeiro...

Mercado Livre lança projeto ‘Conectadas’, que leva tecnologia à jovens mulheres da América Latina

O Mercado Livre, um dos maiores sites de comércio eletrônico do mundo, anunciou recentemente o projeto "Conectadas", iniciativa que busca aproximar a tecnologia das...

Instagram