Jovem que vende pães nas ruas com um carrinho de mão sonha em ter sua padaria

Daniel completou 18 anos em meio à pandemia. E por causa do lock down que teve em sua cidade, ele e sua mãe, Marilza, tiveram a ideia de começar a fazer pães para vender e ter uma renda, já que as padarias estavam todas fechadas.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Já ouviu falar de um negócio de família que começou com apenas 9 reais?! Assim fizeram Daniel e sua mãe, Marilza, em Cachoeiro de Itapemirim (ES). Era o único dinheiro que tinham em casa. 💔

E assim o Menino do Pão começou a ir às ruas todos os dias às 5:30 da manhã para vender, empurrando um carrinho de mão, forrado com um pano de mesa improvisado e repleto de coisas boas. E além da venda, ele também ajuda a fazer os pães, arrumar as coisas e a lavar a louça.

Jovem que vende pães nas ruas com um carrinho de mão sonha em ter sua padaria

Daniel rapidamente pegou gosto em empreender, coisa que sua mãe não leva muito jeito, então juntos eles formam a dupla perfeita. Com a repercussão que teve sua história, ele conseguiu um emprego como Menor Aprendiz, onde ganha R$500 no mês.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Jovem que vende pães nas ruas com um carrinho de mão sonha em ter sua padaria

Olha a correria desse menino!! Estuda, ajuda a fazer os pães, vende e ainda trabalha em outro lugar. Clique aqui para acessar a vaquinha.💜

A sua mãe tem 53 anos e trabalha como doméstica em casa de família. Hoje, quando volta do trabalho ainda vai ajudar o filho a fazer os pães.

Jovem que vende pães nas ruas com um carrinho de mão sonha em ter sua padaria

“Meu maior sonho é conseguir dar a padaria pra minha mãe, para que ela consiga fazer o que gosta”– fala Daniel. Vamos realizar esse sonho? ❤️

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Altamiro, seu pai, tem 73 anos e recebe somente R$700 de sua aposentadoria, pois o restante do valor está comprometido por empréstimos que fez, na tentativa de finalizar a casa onde moram e iniciar a construção de uma padaria. Ele também ajuda como pode, organizando, pegando os materiais, picando recheios e lavando a louça.

Mesmo com todo esforço, ainda falta muito para finalizar a padaria em cima da casa onde moram hoje. Conseguiram fazer apenas umas vigas e pararam. Clique aqui para fazer sua doação!

Jovem que vende pães nas ruas com um carrinho de mão sonha em ter sua padaria

“Aqui está bem difícil, ou a gente come e paga as contas, ou segue construindo. É um sonho que demorará a realizar”– Daniel diz, entristecido 😞.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ah, mas não mesmo Daniel! Chegamos para te ajudar e queremos ver essa padaria cheia de delícias funcionando em breve!

Contamos com você para que essa família tão unida tenha a padaria transformada em realidade. Clique aqui para contribuir. 🙏

Jovem que vende pães nas ruas com um carrinho de mão sonha em ter sua padaria

Fotos: VOAA

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM





Jovem que vende pães nas ruas com um carrinho de mão sonha em ter sua padaria 1

Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,985,520SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Pai transforma caminhonete em personagem de Carros para aniversário do filho

Um papai coruja decidiu surpreender seu filho no seu primeiro aniversário transformando a caminhonete velha que usa para trabalhar no personagem Mater, da franquia...

‘Um pai de verdade’: Juíza do Ceará atende criança que escreveu ‘petição’ para ter sobrenome do padrasto

De um jeito muito fofo, um menino de 8 anos escreveu uma 'petição' para trocar de sobrenome à Dra. Kathleen Kilian, titular da 1ª...

Polícia adota cães abandonados para virarem seus companheiros de trabalho

Policiais da cidade de Quilpué, no Chile, estão recrutando cães abandonados para virarem seus companheiros de trabalho e darem aos bichinhos uma vida mais...

Conheça mais e ajude o documentário “Quando sinto que já sei” a ser produzido

Em sua última semana no Catarse, o projeto do documentário “Quando Sinto Que já Sei” conta com o seu apoio para se concretizar e dar início...

Indiana dá à luz o seu primeiro filho aos 72 anos: ‘Idade é só um número’

Assim como muitas mulheres, a indiana Daljinder sempre sonhou em ter um filho e poder gerar uma vida dentro dela. No entanto, às vezes...

Instagram

Jovem que vende pães nas ruas com um carrinho de mão sonha em ter sua padaria 2