Jovem decide voltar a estudar depois de assistir “Pantera Negra”

Os filmes que assistimos exercem muito mais poder sobre nós do que imaginamos. Uma prova disso é a história do jovem Renato Siqueira de Castro, de 15 anos, que voltou a estudar depois de assistir “Pantera Negra” no cinema. Renato quer ser bombeiro, mas ficou 1 ano afastado da escola. Depois de ver os heróis do filme, ele confirmou seu sonho e tomou a decisão de voltar.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Foi o Pantera Negra que me fez voltar a estudar. Sem a escola eu não consigo nada. Parei e pensei: Pô, melhor eu voltar a estudar”. O garoto, que vive no Parque Missões, uma favela na cidade de Duque de Caxias, município do Rio de Janeiro e decidiu que queria seguir a profissão de bombeiro quando tinha 11 anos e viu o barraco de sua mãe pegar fogo: “Eu quero salvar vidas”.

Ele parou de estudar quando saiu da casa do pai, já que brigava muito com sua irmã. Foi então que ele decidiu alugar um barraco para ele e para conseguir dar conta dos 130 reais mensais, passou a trabalhar como engraxate e largou os estudos. Mas, apesar de seus clientes lhe dizerem constantemente que ele precisava voltar a estudar, foi o “Pantera Negra” que mostrou que o estudo é fundamental.

O filme, que tem sido um verdadeiro sucesso de bilheteria é também muito importante, pois é o primeiro herói negro da Marvel, representando jovens do mundo inteiro, que necessitam desta representatividade para poderem ir atrás de seus sonhos. Tanto que, aqui no Brasil, diversos movimentos sociais se mobilizaram para levar jovens negros da periferia para assistir o filme.

Foi a partir do projeto “Apadrinhe um sorriso”, que aposta no desenvolvimento das crianças de comunidade através da cultura, que Renato voltou a estudar, desta vez em um colégio diferente do que ele frequentava e segundo ele, mais organizado: “Esse colégio é melhor. Não tem bagunça. Eu também fazia bagunça na antiga escola. Mas é aquela coisa: Todo mundo fazia e eu fazia. Agora todo mundo se comporta e eu também”.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Com informações de Extra

Foto: divulgação Apadrinhe um sorriso

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM




Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,827,226SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Uma história para inspirar as pessoas a declararem seu amor publicamente

Há dois meses, o futuro noivo Renee Bertoletto me pediu para ajudá-lo no seu pedido de casamento, ele queria surpreender a namorada, Fernanda Moreira,...

“Este é o meu legado”: sozinho, homem plantou 19 mil árvores em SP

Morador da Zona Leste de São Paulo, Hélio Santos, 64 anos, plantou, sozinho, 19 mil árvores no bairro onde vive há 50 anos, para...

Mãe ‘desperta’ do coma para amamentar filha de 2 anos

Apesar de ainda não estar plenamente consciente, sua incrível reação animou a família, que mantém esperanças de que ela vá para casa em breve.

Razões Entrevista: MC Linn da Quebrada empodera pessoas trans através do funk

"Acho que toda violência que passei está dissolvida, triturada e reestruturada nas minhas músicas."

Instagram