Jovens e agricultores se unem e abrem bibliotecas na zona rural da Paraíba

Eu já estou apaixonado por essa história antes mesmo de começar a contar pra vocês. Esse é um exemplo de que a união entre a comunidade pode promover melhorias para todos.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Foi no interior da Paraíba, na zona rural do distrito de São José da Mata, que os voluntários se uniram para instalar bibliotecas comunitárias nos sítios e beneficiar cerca de 50 famílias.

Para isso, um grupo de jovens se juntou à associação de trabalhadores rurais e eles conseguiram a doação de mais de 500 livros didáticos, paradidáticos e de literatura.

Mas onde instalar as bibliotecas? Os próprios moradores cederam os espaços. Seu Aristeu foi o primeiro. “A casa de mãe estava fechada e deu certo demais para a biblioteca. Toda vez que eu venho aqui eu lembro dela e as crianças estão aqui estudando”, disse o agricultor.

Casa que serve de biblioteca e crianças lendo
Casa da mãe de seu Aristeu foi transformada em biblioteca. Foto: Arquivo pessoal

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Participe do nosso canal no Telegram e receba todas as matérias e novidades do Razões, clique aqui.

A comunidade já conta com duas bibliotecas rurais e a ideia é ampliar essa quantidade de pontos de apoio para as crianças, os jovens e os adultos do local.

“Acho importante inserir leituras nas comunidades porque a leitura é a ponte para o conhecimento. É uma questão de democratizar a leitura e a pesquisa“, disse o historiador e morador da comunidade, Severino Terto, que coordena o projeto.

Casa que serve de biblioteca e crianças lendo

Os moradores são voluntários e se dividem para fazer a supervisão do espaço. E os resultados já estão sendo colhidos. “A gente já está vendo muita mudança. Eles vêm estudar, pesquisar. É muito gratificante ver o sorriso de cada um, eles alegres querendo vir para a biblioteca“, disse Lucélia Diniz, colaboradora da iniciativa.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Arte de divulgação de projeto de biblioteca rural

Ajude você também um homem que mora num castelo de areia a viver numa casa digna. Criamos uma vaquinha no VOAA. Clique e contribua!

“Eu gosto de ler, gosto de estudar”, contou a pequena Dayana Barbosa

“Eu estudo, desenho, faço pesquisa e o que eu mais gosto de fazer aqui é ler”, falou o garoto Karlos Edilson.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Casa que serve de biblioteca e crianças lendo
Voluntários se revezam para monitorar as crianças e cuidar da biblioteca. Foto: Arquivo pessoal

Nesse período da pandemia, os jovens não podem frequentar as bibliotecas, mas levaram alguns livros para casa para atravessar a quarentena com muita leitura.

Que exemplo bonito!

O Razões tem seu próprio podcast para espalhar boas notícias, ouça os episódios na sua plataforma favorita clicando aqui.

selo conteúdo original

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
2,829,971SeguidoresSeguir
24,609SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Homem encontra VHS de bebê dando primeiros passos e devolve para a família

No final do mês passado, Jim McKay comprou uma fita videocassete em uma loja de penhores de Cedar Park, Texas (EUA), para um projeto...

Psicólogos dão a melhor resposta para os panfletos homofóbicos distribuídos em Curitiba

A cada ato de homofóbicos, há uma uma leva bem maior de pessoas sensatas que nos mostram que ainda temos razões para acreditar em...

Com tom de pele lindamente escuro esta jovem está quebrando a internet

Cada tom de pele tem sua beleza e particularidade, muito por carregar em si uma história relacionada às nossas origens, e uma jovem tem...

Havia 524 cães e gatos neste evento de adoção: todos conseguiram um lar novo

É muito raro um evento de adoção de cães e gatos conseguir um lar novo para todos os animais. Geralmente, as pessoas preferem adotar...

Instagram

Jovens e agricultores se unem e abrem bibliotecas na zona rural da Paraíba 1