Jovens criam aplicativo infantil para desenvolver o raciocínio lógico das crianças

Sabemos muito bem que os jogos de raciocínio lógico são ótimos para exercitarmos o cérebro e melhorar a nossa memória, certo? Quem nunca foi até uma banca de jornal comprar os famosos caderninhos de caça-palavras ou os de desafios do Sudoku, não é mesmo?

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Mas, os tempos são outros, e identificando a necessidade da garotada de também exercitar a mente, que a recém-formada em Análise e Desenvolvimento de Sistemas, Larissa Bastos, 22 anos, juntamente com o colega e estudante de Ciências da Computação, Anderson Sampaio, 28 anos, e o professor de Lógica de Programação e Banco de Dados, Márcio Soussa, do Centro Universitário Jorge Amado de Salvador (BA) criou o aplicativo Logicamente, fruto do projeto universitário nomeado de Games Bahia.

Meu irmão mais novo estava com muitas dificuldades em matemática lógica e sentia que essas necessidades não eram totalmente supridas na escola, e como ele era viciado em jogos, juntei as peças e pensei que poderia ajudar não somente a ele, mas muitas crianças de forma divertida, sabe?”, relatou Larissa.

Então, em 2017, nascia o aplicativo Logicamente! Ele reúne 5 jogos de raciocínio lógico: Torre de Hanói, Desafios de Lógica, Genius, Matematiks e Sudoku. Apesar do público-alvo ser o infantil, o aplicativo é feito para todas as idades.

print do aplicativo Logicamente
Foto: Reprodução/Aplicativo Logicamente

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

prints do aplicativo Logicamente
Foto: Reprodução/Aplicativo Logicamente

Criação do novo game educativo: Barriga D’água

Com o sucesso do Logicamente, que desde o lançamento, já bateu mais de 11 mil downloads, inclusive, downloads de pessoas de diversos países (ele pode selecionar a língua para jogar, português ou inglês), a universidade pediu que o grupo Games Bahia desenvolvesse um jogo que auxiliasse as crianças sobre os problemas causados pela doença esquistossomose, que ainda hoje em dia assola milhares de pessoas em todo o Brasil.

Prints do aplicativo Barriga D'água
Foto: Reprodução/Aplicativo Barriga D’água

Prints do aplicativo Barriga D'água
Foto: Reprodução/Aplicativo Barriga D’água

Prints do aplicativo Barriga D'água
Foto: Reprodução/Aplicativo Barriga D’água

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Daí surgiu o segundo jogo, o “Barriga D’água“, que também traz informação de grande importância de forma divertida, já que contamos a história do personagem Zequinha. Para esse projeto, tivemos o envolvimento além de Anderson e de Márcio, de duas pessoas da área de saúde, o estudante Antônio Santos e a professora Lídia”, afirmou.

Valorização de jogos independentes brasileiros

Larissa relatou que o apoio da universidade foi essencial para que o projeto desse certo, mas que sente falta de uma valorização maior dos jogos independentes brasileiros.

“Existem tantos jogos fantásticos sendo desenvolvidos aqui, sinto falta do incentivo de empresários, governo e demais investidores. No nosso caso, o interesse é puramente filantrópico, mas existe uma série de detalhes envolvidos na construção de um jogo, para a construção de um game com visão lucrativa, é praticamente impossível, infelizmente”, disse.

Pessoas que se importam: ideias que merecem ser premiadas!

Acreditamos no poder de transformação da tecnologia na vida das pessoas, e acreditando junto com a gente, a Intel se uniu ao Razões na criação do projeto Pessoas que se Importam, com o intuito de mostrar a vocês ideias e ações que fazem da tecnologia um instrumento de mudanças!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Selecionamos quatro projetos que receberão da Intel uma mentoria completa para que suas ferramentas continue impactado a vida das pessoas!

E para que esses grandes idealizadores consigam aprimorar suas ideias, a Intel premiou os selecionados com um computador turbinado!! Porque pessoas que se importam merecem uma tecnologia que foi desenvolvida por pessoas que também se importam. QUE DEMAIS, não é mesmo?!

Esta semana foi a vez da Larissa de receber a notícia e o próprio prêmio. Ela fez uma linda publicação agradecendo a gente <3

“Eu não sei nem o que dizer sobre o quão inacreditável foi esse presente 😍 Gostaria de agradecer imensamente à toda a equipe do @razoesparaacreditar e todos os demais envolvidos nesse projeto maravilhoso!” 💙

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Games Bahia (@gamesbahia) em

Ambos os jogos estão disponíveis na PlayStore: LogicamenteBarriga D’água. Baixe o seu!

Em parceria com a Intel, selecionamos histórias e projetos que utilizam a tecnologia com um único propósito: o de mudar, ajudar e transformar vidas! Acesse todas as matérias aqui.

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM






Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,977,926SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Gatinha que frequentava açougue morre e açougueiro faz uma réplica de papel em sua homenagem

Vocês devem se lembrar de um vídeo que circulou bastante pelas redes sociais em 2018. Uma gatinha entrava em um açougue na Turquia e,...

Cientistas da Austrália descobrem como o corpo combate o coronavírus

Após cinco meses de intensa pesquisa, cientistas da Austrália descobriram como o sistema imunológico dos seres humanos combate o coronavírus (Covid-19). Pesquisadores do Instituto Peter...

Fotógrafa capta as expressões quase humanas de animais em extinção

A fotógrafa alemã Manuela Kulpa cria obras de arte muito bonitas com espécies ameaçadas de extinção, de fotografias tiradas em jardins zoológicos à parques...

Edital oferece recompensa financeira a proprietários de terras que preservarem áreas naturais

Proprietários que preservarem áreas naturais localizadas na região do Reservatório Piraquara 1, na Região Metropolitana de Curitiba, poderão receber uma recompensa financeira. Essa é a...

Catadores de Alagoas ganham bikes de cargas para evitar crueldade com cavalos

E se, em vez de usar os cavalos e outros animais para carga, os trabalhadores pudessem usar bikes? As bikes começaram a surgir como ideia...

Instagram