Jovens derrubam empadas no trem do Rio e passageiros se mobilizam para eles não ficarem no prejuízo

Vou te contar uma coisa que talvez já tenha passado pela sua cabeça: em certas ocasiões, sentimos ‘vergonha’ de ser solidários, principalmente, em lugares onde tem muita gente. Pode ser uma impressão errada, mas não é o que mostra o relato do Marcos Rodrigues.

Ouça essa história e se emocione! Clique no play acima!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ele escreveu no Facebook uma experiência que prova por A + B que o primeiro passo mobiliza outras pessoas. Marcos estava num vagão de trem onde havia dois rapazes vendendo empadas a 1 real cada.

Quase ninguém comprou as empadas. Os jovens foram para outro vagão na tentativa de vender as empadas para um centro de recuperação de viciados em drogas. “Pouca gente comprou empada no vagão em que estou, se não me engano apenas duas pessoas”, escreveu Marcos.

Relacionado: Fãs arrecadam dinheiro para vendedora que perdeu mercadoria em show do Coldplay

“Então os rapazes passaram para outro vagão e por volta de 10 minutos depois voltaram. As empadas estavam em uma caixa de papelão grande […] Infelizmente essa caixa abriu o fundo e caiu umas 25 empadas no chão, e por consequência veio todas elas abrirem e se espatifaram. Os rapazes instantaneamente ficaram com uma fisionomia de decepcionados mas quanto as empadas caíram não puderam fazer nada.”

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Marcos lembrou que tinha 4 reais no bolso e decidiu ajudar os vendedores ambulantes, para diminuir o prejuízo. O que ele não imaginava é que aquele gesto de empatia “se multiplicaria e mais de 30 pessoas fariam o mesmo”. “Foi algo incrível, minha vontade foi comemorar cada nota de 2, 5, 10 e até 20 reais que chegavam até a mão deles”, lembra Marcos.

Em conversa com o Razões, Marcos disse que a repercussão do post está sendo surpreendente, e que espera que as pessoas tenham a vida transformada depois de ler o que aconteceu.

Demais, né? Só precisamos dar o primeiro passo. 😉

Depois da repercussão gigantes, ele disse:

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Não imaginei que essa postagem tomaria tamanha proporção, fico feliz por ter alcançado tantos corações e vê a quantidade de pessoas que no meu lugar fariam o mesmo.

Sempre uso o facebook pra reclamar muito das minhas viagens no trem, e nada mais justo do que usar também para falar de coisas boas.

Minha intenção não foi me aparecer e nem me engrandecer, até porque eu não fiz nada sozinho.

Faça o bem as pessoas com o coração puro, faça o bem porque fazer o bem é bom e justo, a sua maior recompensa será a gratidão e o sorriso no rosto de quem você ajudou!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

E não se esqueçam de compartilhar o bem, vivemos tão contaminados e cercados de coisas ruins que às vezes deixamos de testemunhar o bem que é o que nos move.”

Foto: Marcos Rodrigo – Reprodução autorizada

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,458,764SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Estudante de design cria linha de roupas para refugiados sírios

A estudante Angela Luna queria que seu projeto para a Parsons School of Design ajudasse refugiados sírios. Após acompanhar tantas notícias tristes sobre o que...

Dentista devolve autoestima a jovem que perdeu dentes

“Todos os dias, ele vem me ver. Isso me deixa mais feliz ainda.”

Com doença rara, jovem que não pode se expor ao sol comprará sua própria casa adaptada após vaquinha

Karine é uma guerreira que luta pela vida! Ela tem uma doença rara que causa lesões na pele e nos olhos. A jovem já...

Ensaio fofo de casal de idosos vai estourar o seu fofurômetro! ❤❤

A neta do casal que presenteou eles para celebrar os 65 anos de casados, o resultado disso? Avós mais felizes e netos mais inspirados!

Paraibano Petrúcio Ferreira conquista ouro inédito para o Brasil no atletismo

Com o tempo de 49 segundos e 25 centésimos, Petrúcio Ferreira faturou uma medalha de ouro inédita para o Brasil na prova dos 400 metros rasos.

Instagram