Juiz baiano emancipa jovem que morava em um galinheiro

Um juiz emancipou uma jovem que foi abandonada pelos pais em um galinheiro quando tinha apenas 11 anos, em Jequié, na Bahia, às margens da BR-330. A menina era alimentada por pessoas que trabalhavam na pista.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Com a decisão, proposta pela Defensoria Pública da Bahia, o juiz Luciano Ribeiro torce para que Naiane Santos Silva, 17 anos, possa ter dignidade e acesso à educação, moradia e um trabalho. Recentemente, ela foi contemplada com uma casa do programa Minha Casa Minha Visa, mas foi impedida de assinar contrato por ser menor de idade.

Leia também:

Juiz faz audiência na casa de idoso para conceder sus aposentadoria

Juíza perdoa dívida de pai que largou tudo para cuidar da saúde do filho

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Naiane já é mãe, separada e hoje vive apenas com recursos do Bolsa Família. Ela mora de favor em uma casa pequena, mas a qualquer momento pode ser despejada. Ribeiro quebrou o protocolo e proferiu a sentença em 1ª pessoa, pois ficou mexido com a história da jovem.

Ao Notícias Bahia, o Juiz, que é pai de uma menina, explicou a decisão: “Todo Juiz(iza) por prevalência e anterioridade, é um ser humano. Aliás, no dia em que foi realizada a audiência de instrução, foi difícil conciliar a noite ao sono”.

O caso repercutiu em Jequié e diversas pessoas já se mobilizam para ajudar Naiane. Segundo Ribeiro, advogados da região querem criar uma conta para ajudá-la com recursos e a prefeitura também sinalizou que pretende ajudar. “Queria Deus que a vida dela mude depois disso”, declarou o magistrado.

Ainda sobre a decisão de conceder a emancipação de Naiane na 1ª pessoa, Ribeiro explica que os juízes não têm esse hábito, pois é o Estado que julga: “Sempre nas minhas decisões coloco ‘decreta-se’, ‘homologa-se’, ‘condena-se’. Nunca coloco ‘condeno’ ou ‘homologo’ porque não sou eu. Mas dessa vez, eu achei que não tinha como. Antes de tudo, somos humanos e eu sou pai também. Não tem como não se sensibilizar e se compadecer com absurdo desse para o ser humano”.

Agora temos um canal no YouTube! Assista ao primeiro vídeo falando sobre uma inciativa que une Brechó com adoção de animais, e se inscreva no canal aqui.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Siga o Razões no Instagram aqui.

Inscreva-se em nosso canal no Youtube aqui.

Curta o Razões no Facebook aqui.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

crédito da foto: Divulgação

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM









Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,805,848SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Menino que vendia picolés na rua para ajudar família compra sua casa própria graças à vaquinha

Após a vaquinha de David, um menino de 12 anos que vendia picolés para ajudar no sustento da família, arrecadar mais de R$ 190...

Comerciante em BH doa 3 toneladas de peixe toda Semana Santa

O site O Tempo contou a história do comerciante Afonso Brade Teixeira, que há 27 anos distribui o tradicional pescado na sexta-feira da paixão,...

Pais criam sala de tesouro secreto para filho de 4 anos

Quando Sarah Goer e seu marido se mudaram para sua nova casa, seu filho tinha apenas 2 anos de idade. Anexo ao quarto dele,...

Nestlé lança ação para acelerar e dar visibilidade a projetos liderados por jovens em produtos; inscrições até 21/07

Todo ano, compartilhamos com vocês projetos liderados por jovens engajados em construir um amanhã melhor hoje! Atenta a essa realidade, e, mais do que isso,...

Mesmo internado, jovem de 15 anos tenta achar um lar para gatos de rua

"Mesmo sentindo dores ele ainda tá pensando no outro."

Instagram

Juiz baiano emancipa jovem que morava em um galinheiro 1