Juninho Pernambucano paga tratamento e consegue advogado para morador de rua agredido

Em um vídeo covarde que circula nas redes sociais desde a última quinta (9), um homem supostamente oferece dinheiro para um morador de rua apenas para agredi-lo em seguida, chamando-o de “vagabundo”.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O rapaz falava sobre as dificuldades enfrentadas pela população sem-teto, que não está conseguindo fazer bicos, nem receber doações por causa do baixo fluxo de veículos e pessoas provocado pela pandemia do Covid-19.

As imagens, gravadas em Sinop (MT), geraram revolta.

Ao tomar conhecimento da situação, o ex-jogador de futebol Juninho Pernambucano, 45, se ofereceu para ajudá-lo e prestar toda a assistência possível.

 

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Razões Para Acreditar (@razoesparaacreditar) em

Juninho entrou em contato com um amigo, o advogado Rogério Pereira, que foi até o encontro da vítima, identificada como Anderson. “Lá, ele descobriu que o rapaz é dependente químico, mas, antes de criticá-lo, saiba que, na maioria das vezes, o caminho das drogas é o único para muitos”, disse o ex-jogador.

Leia também: Após diagnóstico de autismo, empreendedor criou um dos maiores negócios de impacto social no país

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Após conversarem, o advogado enviou Anderson, com seu consentimento, para uma clínica especializada em reabilitação de dependentes químicos, onde ele ficará por três dias.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Razões Para Acreditar (@razoesparaacreditar) em

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Juninho Pernambucano custeará todo o tratamento. “A família do Anderson só falou coisas boas dele e sabe que precisa de ajuda. Não adianta darmos a ele as doações que muitos de nós queríamos fazer, pois, claro, ele não suportaria a tentação das drogas. Se ele precisar ficar 1 ano, ficará, mas o queremos é vê-lo recuperado e de volta à sociedade, como exemplo pra outros”, escreveu.

Sobre a agressão, o ex-jogador disse que Rogério entrará com um processo contra o agressor, identificado como um empresário do setor agropecuário de Sinop (MT). “Será muito mais difícil esquecer (a agressão) do que libertar-se do vício. Por isso, o Rogério vai entrar com um processo”, concluiu.

Juninho Pernambucano ajuda morador de rua agredido
O ex-jogador e atual diretor de futebol do Lyon, Juninho Pernambucano. Foto: Rudi Garcia/Reprodução

Importante salientar que o advogado não foi contratado por Juninho Pernambucano, mas se ofereceu para atuar de forma “pro-bono” (trabalho voluntário), sem cobrar nada no processo.

Canal Coronavírus: veja boas notícias, vagas home-office e como ajudar pequenos negócios clicando aqui.

Fonte: Lulacerda
Foto de capa: Reprodução / Acontece na Bahia

Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
2,851,931SeguidoresSeguir
25,005SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Berlim cria primeira mesquita, sinagoga e igreja que ficam sob o mesmo teto

Berlim está prestes a se tornar o lar da primeira mesquita-sinagoga-igreja do mundo, um espaço de oração partilhada, destinada a reunir os membros das...

Homens limpam vidro vestidos de super-heróis e alegram dia de crianças internadas no hospital

Aproveitando que ontem foi o dia das crianças, é importante lembrar a ação que os lavadores de janelas fizeram no Hospital Infantil Lurie em...

Durante LollaPalooza, Titi Müller critica ao vivo letras machistas de DJ antes da transmissão

O Festival de Música LollaPalooza aconteceu nesse fim de semana em São Paulo, SP - aliás, estivemos lá e encontramos a Sandra Annenberg, vejam...

Aplicativo garante renda extra a proprietários de veículos parados na garagem

A moObie conecta quem tem veículos parados a quem precisa desses veículos.

Instagram

Juninho Pernambucano paga tratamento e consegue advogado para morador de rua agredido 1