Justiça de SP proíbe vaquejadas e provas de laço em Barretos

Por decisão unânime, o Tribunal de Justiça de São Paulo proibiu as provas de laço e vaquejada com animais no Rodeio de Barretos. As provas causavam muito sofrimento aos animais para entreter o público.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Vocês sabiam que os bois têm sua virilha amarrada e por isso eles ficam desesperados com o aperto do peão na região, pulando sem parar, parecendo que estão bravos, quando, na verdade, estão sentindo muita dor?

Vários municípios paulista já têm leis que proíbem os rodeios e o uso de animais em circos. A “Festa do Peão”, que leva grandes nomes da música sertaneja, continuará acontecendo normalmente, mas ela está proibida de usar bois e cavalos nas suas “apresentações”.

É importante dizer que a vaquejada e outras provas com bois ou cavalos em rodeios e eventos desse tipo desrespeitam o preceito constitucional que determina que os animais não devem ser expostos a nenhum tipo de crueldade e que cabe ao poder público, sociedade e cidadãos preservar pela proteção da flora e fauna.

via [blastingnews]

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM









Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,917,765SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Cuidar de quem cuida: projeto leva acolhimento e capacitação à capixaba que empodera jovens de periferia

Cerca de 54% da população brasileira é formada por pessoas pretas e pardas. Deste total, 28% são mulheres, representando o maior grupo demográfico do...

Imunoterapia cura mulher com câncer metastático

A imunoterapia inovadora foi desenvolvida pelo Instituto Nacional do Câncer dos Estados Unidos.

Organização promove campanha para manter 400 crianças longe das ruas, praticando esportes, em São Paulo.

O programa Mais Bola, Menos Rua, realizado pela Inmed Brasil, está sem patrocínio.

Cadeirante varre ruas de Beirute após megaexplosão: “por aqueles que morreram”

Mohamed Brees é cadeirante, mas mais do que isso, um exemplo de cidadão para povos do mundo inteiro. Ele é um dos moradores de Beirute...

Voluntário ensina inglês para funcionários de limpeza que achavam que eram “xingados”

A mágica da vida é que as pessoas que querem um mundo com mais oportunidades para todos acabam se encontrando.

Instagram

Justiça de SP proíbe vaquejadas e provas de laço em Barretos 2