Conheça Karine Jean-Pierre, primeira negra a conduzir uma coletiva da Casa Branca em 30 anos

Você sabe quem é Karine Jean-Pierre? A ex-professora de Assuntos Públicos e Internacionais da Universidade de Columbia, uma das mais renomadas dos Estados Unidos, tem 43 anos e foi a primeira negra a fazer um pronunciamento oficial pela Casa Branca em 30 anos.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

De quebra, a mulher, nascida na ilha caribenha de Martinica, é a primeira lésbica a realizar esse tipo de leitura pelo governo estadunidense.

O pronunciamento histórico aconteceu no último dia 31 de março, a bordo do Air Force One – avião presidencial dos EUA. Jean-Pierre falou 16 minutos sobre os planos de Joe Biden para aumentar a oferta de empregos no país, além de responder sobre outros assuntos, como reforma tributária.

Karine Jean-Pierre em coletiva no Air Force One
Karine Jean-Pierre foi a primeira mulher negra em 30 anos a fazer um pronunciamento pela Casa Branca. Foto: reprodução/Twitter Hunter Walker

Atualmente, Karine é uma das peças principais da equipe de comunicação da Casa Branca. A martiniquense tem longa experiência política, tendo sido comentarista de canais americanos, além de ter atuado como chefe da equipe da atual vice-presidente dos EUA, Kamala Harris, durante a campanha presidencial de 2020.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ao lado de outras seis mulheres, forma a equipe de Comunicação da Casa Branca, que é exclusivamente feminina no governo de Joe Biden.

“Me sinto tão orgulhosa da nossa equipe de comunicação para a administração Biden-Harris estar repleta de grandes mulheres. Todas trazem dignidade, profissionalismo e expertise para seus respectivos papéis”, confessou.

Karine Jean-Pierre deseja participar de um governo plural

Ela é filha de haitianos, que imigraram para os Estados Unidos quando ela ainda era uma menina. Crescida em Nova York, Karine conhece todas as dificuldades que uma jovem negra, gay e imigrante pode passar em um país que é palco constante de crimes de forças do estado contra minorias.

pais com filha em mesa aniversário
Karine Jean-Pierre é filha de haitianos, mas nasceu em Martinica, também no Caribe. Foto: reprodução/Instagram Karine Jean-Pierre

“Como uma imigrante gay negra que veio de um família de trabalhadores, eu sei que os Estados Unidos não trabalharam sempre para qualquer um. Eu sei que os EUA continuam não trabalhando para todos”, declarou Jean-Pierre à revista Out.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Apesar do caminho ser longo, em suas palavras, a assessora do governo Biden declarou que deseja mobilizar pessoas para tornar o Estados Unidos uma república plural. Que exemplo de cidadã, não é mesmo?! 👏

Quer mais inspiração? Dá o play no 2º episódio do “Razões na África”!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM




Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,855,215SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Pimeira embaixadora brasileira com síndrome de Down da L’Oréal Paris junta-se a nomes como Taís Araújo e Iza

Acreditar não é clichê, acreditar é ação. E não, não precisamos acreditar sozinhos!. Foi com essas palavras que Maria Júlia de Araújo Dias, a...

Menino conquista 2º lugar em competição de bike com bicicleta velha do amigo

De família humilde, o menino Rodrigo da Silva, de 13 anos, não tinha dinheiro para comprar uma bicicleta especial para participar da 4ª etapa...

Mulher ajuda jovem desesperada a chegar até o local da prova do Enem

Enquanto a administradora Maria do Carmo Veras procurava a casa da prima, no bairro Mocambinho, na Zona Norte de Teresina (PI), ela encontrou uma...

O primeiro detento de SP a concluir curso superior dentro da prisão

Aos 55 anos, Venilton Leonardo Vinci é o primeiro detento do estado de São Paulo a concluir um curso superior no regime fechado, mais exatamente de...

Senhora transforma guarda-chuvas quebrados em sacos de dormir para os sem-teto

Lúcia Barreto é uma apaixonada por artesanato e também por ajudar os mais necessitados. A pedagoga de Florianópolis está usando seu talento para levar...

Instagram