Plataforma de ensino gratuita melhora desempenho de alunos: ‘antes tirava 6, 7. Agora tiro 9, 10’

Criada em 2008, a Khan Academy é uma plataforma de vídeos online de educação livre, gratuita e sem fins lucrativos criada por Sal Khan, um educador e empresário bengali.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

No site, está disponível um acervo completo de vídeos gratuitos que explicam dos conceitos mais básicos aos mais complexos da matemática, medicina, economia, física, química, biologia e até ciência da computação.

A Khan Academy vem expandindo sua biblioteca de conteúdos com a tradução de vídeos do exterior, além da produção própria de conteúdo 100% brasileiro.

Desde 2013, cerca de 350 crianças de São José dos Campos (SP) conseguiram melhores resultados nas provas de matemática com uso da tecnologia aplicada em sala de aula. “A linguagem matemática que vem da plataforma agora está mais fácil, mais acessível para os alunos”, diz a professora Talita.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Por ser gratuita e sem fins lucrativos, a Khan depende de colaboradores e voluntários para continuar crescendo e se expandindo. “Essa variedade [de conteúdos] ajuda os alunos a verem os mesmos conteúdos de maneiras diferentes e tendo acesso a isso, eles ficam mais preparados”, afirma Talita.

Quem aprende

Plataforma de vídeos melhora desempenho de alunos: 'antes tirava 6, 7. Agora tiro 9, 10'

Morador de Osasco, o estudante Bryan, 11 anos, conheceu a Khan Academy no 5°ano do ensino fundamental, quando suas notas eram baixas.

Leia também: Conheça Salman Khan, o professor que transformou as aulas através do youtube

Depois de começar a estudar matemática pela plataforma, ele viu seu desempenho melhorar. O garoto diz que antes da Khan, tinha dificuldades em prestar atenção nas aulas, mas depois de começar a estudar com os vídeos e aulas interativas, conseguiu acertar as atividades. “Eu fico feliz, pois eu vou aprendendo coisas que não sabia”, diz. “Antes as minhas notas eram 6 ou 7, e na hora que chegou a Khan Academy, foi para 9 e 10.”

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quem acompanha

Plataforma de vídeos melhora desempenho de alunos: 'antes tirava 6, 7. Agora tiro 9, 10'

Adriana Gomes conta que, de início, ver seus filhos usando o celular em excesso foi preocupante.

Ela ainda não sabia que eles estavam realizando os exercícios em casa, por meio da Khan. Passou, portanto, a acompanhá-los de perto e notou um grande desenvolvimento no aprendizado dos filhos.

Leia também: Escola substitui detenção de alunos por meditação e os resultados são incríveis

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Agora, estimula outros pais a conhecerem a plataforma. “Eles estudam mais e as professoras dizem que na escola também”, diz. “Tem pai que não conhece e eu falo, olha: seu filho precisa conhecer, porque estimula muito a criança a aprender.”

Quem estimula

Plataforma de vídeos melhora desempenho de alunos: 'antes tirava 6, 7. Agora tiro 9, 10'

A Márcia Pereira, supervisora de ensino em uma escola de Barueri (SP), afirma que quando viu a plataforma pela primeira vez, em 2014, se identificou logo de cara.

No terceiro mês de acesso, Márcia percebeu um alto engajamento dos alunos, que em seguida virou uma tendência. “Não consigo ver a nossa rede sem a Khan Academy, não consigo.”

Fotos: Divulgação

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,429,587SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Você sabia que o Brasil tem uma “usina de ondas” no Ceará?

Por: The Greenest Post E que tal transformar a energia da onda em energia elétrica? Essa é a ideia da usina localizada no quebra-mar do...

Após vaquinha, jovem de 19 anos que lutava contra câncer raro morre e deixa grande lição de vida

A jovem Fernanda, 19 anos, infelizmente não resistiu às complicações do câncer e faleceu na última sexta-feira (12), em Rondônia. Fer, que foi ajudada...

Brasileira de 18 anos vence feira mundial de ciências e vai virar nome de asteroide

A gaúcha Juliana Davoglio, 18 anos, faturou o primeiro lugar na maior feira de ciências e engenharia para jovens cientistas pré-universitários do mundo. Ela desenvolveu...

Menina desiste de curso de maquiagem para comprar kit escolar para amigas

O relato da mamãe Onilla Batista, de São João de Meriti (RJ), sobre o ato de pura empatia e gentileza da filha, Ana Luiza,...

Evento discute tecnologia na educação e revela projetos para 2030

Como falar de um evento sobre educação promovido pelo Instituto Ayrton Senna com patrocínio da Microsoft na Expo Edutec? A iniciativa, como você deve...

Instagram