Lâmpada movida a algas dispensa eletricidade e ainda ajuda a despoluir o ar

A invenção da lâmpada movida a algas, capaz de despoluir ambientes e de produzir luminosidade sem uso de eletricidade foi inventada pelo bioquímico francês Pierre Calleja.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O objetivo do bioquímico é ousado: substituir as lâmpadas tradicionais em espaços públicos ou garagens.

Como dissemos, a lâmpada não pende de energia elétrica e sua capacidade energética é incrivelmente potente. A luminosidade é gerada pela fotossíntese de algas verdes brilhantes.

w704-1

O processo acontece dentro de um tubo cheio de algas, que realizam a fotossíntese naturalmente, produzindo luminosidade. O CO2 da reação vem do ambiente exterior.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Calleja garante que uma lâmpada sozinha é capaz de absorver anualmente, em média, uma tonelada de carbono, que equivale à quantidade capturada por 150 a 200 árvores.

Funcionário da empresa FermentAlg, ele sugere que o sistema seja usado em áreas públicas, pois pode ajudar a diminuir os gastos com eletricidade e, de quebra, reduzir os níveis de poluição. Dois benefícios em um mesmo sistema é tudo o que precisamos!

Com informações do CICLOVIVO / Todas as imagens: Divulgação

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,572,055SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Ex-menino de rua que morava em armário de aeroporto passa em 5 concursos públicos importantes

Ismael Batista tinha apenas 8 anos quando fugiu de casa após o pai, que não queria gente fumando maconha na esquina onde morava, ser...

Em vídeo, médico cumpre promessa de ficar “igual” a pequeno paciente e gesto carinhoso viraliza

O vídeo do médico Caio Nuto cumprindo a promessa de deixar o Pedro raspar seu cabelo e depois pintar uma cicatriz na cabeça para...

Após 10 anos, menino realiza sonho de ‘ter um segundo pai’

Enfim, a família do Micael Tenório Yutaka está completa, pelo menos no papel, já que ele chama o André Pontes do Amaral de pai...

Colher inovadora diminui o tremor das mãos de pacientes com Parkinson

Enquanto muitos de nós andam fascinados (ou chateados) com as novidades tecnológicas que estão presentes nos últimos smartphones que chegam ao mercado, outros desesperam...

Americano de 21 anos se torna o primeiro com Síndrome de Down a completar Ironman Triathlon

"Me acompanhe e eu vou te provar que você está errado". Era isso o que o americano Chris Nikic respondia para as pessoas que...

Instagram