Asilo faz 47 dias de divertidas festas do pijama e impede que Covid-19 infecte os idosos

Um lar de idosos na França fez tudo que estava ao seu alcance para impedir que seus residentes se tornassem apenas uma mera estatística da pandemia de Covid-19 no país.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Para isso, eles usaram a criatividade e um toque de imaginação, transformando as noites de isolamento social em festas do pijama exclusivas para os 106 idosos que vivem no local.

lar idosos quarentena festa do pijama
Foto: Arquivo pessoal / Valerie Martin

Valerie Martin, que administra a casa de repouso em Corbas, comuna francesa na região metropolitana de Lyon, conta que ao saber do que o novo coronavírus estava fazendo com os idosos de toda a Europa, resolveu tomar medidas drásticas para proteger seus residentes.

Vaquinha para reformar casa de técnico de enfermagem que dormia em terraço para não contaminar a mãe. Clique aqui e ajude!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Eu disse ‘não’. Não vai acontecer aqui. Meus moradores ainda têm muito pelo que viver‘”, disse Valerie ao portal AP.

Após fechar o local completamente, ela convidou funcionários e enfermeiras para se juntarem a ela no confinamento, que deveria durar 3 semanas.

Ela não esperava, mas 29 de seus funcionários se ofereceram pra ficar, trazendo consigo travesseiros e sacos de dormir.

Todos juntos no acampamento.. ops, confinamento

O confinamento durou o dobro do que todo mundo esperava: foram 47 dias e noites sem sair da casa de repouso fazendo companhia para os velhinhos.

lar idosos quarentena festa do pijama
Foto: Arquivo pessoal / Valerie Martin

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Eles faziam casamento de mentirinha, jogos, se reuniam à noite, faziam as refeições em conjunto… e jogavam até bombas de água um no outro! Tudo para manter os velhinhos distraídos e com bom humor durante o longo período.

lar idosos quarentena festa do pijama
Foto: Arquivo pessoal / Valerie Martin

Idosos no asilo jogando - quarentena França
Foto: Arquivo pessoal / Valerie Martin

Como todos foram isolados antes do surto de Covid-19, tanto os idosos, quanto os funcionários do asilo, não havia problema deles se encontrarem para brincar e conversar – especialmente durante as festas do pijama.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

No final, deu tudo certo!

No dia 4 de maio, ao término da super quarentena, ele realizaram testes de coronavírus e deu negativo para todos os 106 residentes! Ai, foi só abraços de comemoração e muita cantoria!

“Conseguimos”, disse Vanessa. “[…] Foi uma grande vitória.”

“Foi um pouco como entrar em um acampamento de férias”, disse. “Viver em um bloqueio com 130 pessoas é extremamente gratificante”, garantiu ela, de bem com a vida. Os idosos da casa de repouso agradecem!

Canal Coronavírus: veja boas notícias, vagas home-office e como ajudar pequenos negócios clicando aqui.

Compartilhe o post com seus amigos!

Fonte: GNN

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,637,823SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Inspirada por mudança do pai, escritora cria livro infantil de ursinho transgênero

A australiana Jessica Walton está perto de financiar através do site Kickstarter.com seu livro infantil "Introducing Teddy" (Apresentando Teddy, em tradução literal). Trata-se da história do ursinho Thomas que um...

Livro escrito por pai e filha reflete as diferentes perspectivas da relação entre pais e filhos

Imagine um livro para ser lido a dois, por pais e filhos, um diário da viagem de um pai e sua filha de 13...

Amigos criam site de emprego voltado para transexuais e travestis

Já falamos algumas vezes aqui sobre como é difícil a vida de pessoas trans. O preconceito e a falta de oportunidade são as principais delas. Porém, três...

Os 6 pedidos de casamento mais criativos e divertidos que você já viu

Todos sabemos que algo que mexe mais com nossas emoções que as cerimônias são os pedidos de casamento. E como sempre recebemos várias sugestões...

Cãozinho é reprovado em treinamentos da polícia por ser ‘dócil demais’

E essa carinha de: "Alguém brinca comigo, por favor!"?

Instagram