Leão abraça carinhosamente fundador de santuário que salvou sua vida e vídeo viraliza

Animais selvagens e seres humanos podem, sim, ter uma relação de amor e cuidado e a prova disto é o vídeo de um leão abraçando carinhosamente o fundador do santuário onde ele vive. Não é à toa que uma cena como esta tenha viralizado e recebido mais de 500 mil likes, afinal, todo mundo gosta e precisa de demonstrações de amor! 😍

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

 

View this post on Instagram

 

Leo🦁 & I🙋🏼‍♂️ are wishing You Guys a beautiful Sunday🤗❤️ • Closeness is very important to Lions🦁 After a good meal🍽 Lions will lay down and nap together.😴 While napping they will always make sure to somehow touch one another (have physical contact) to be sure that the entire Pride🐾 is together! As soon as one of them moves away or gets up and the physical connection breaks, they‘ll open their eyes👀 to assure that you‘re still around! 😲😍 For Lions🦁 Family is EVERYTHING!🙏🏼 • Tag 3 Friends who are Family to you!😌🙏🏼

A post shared by Dean Schneider (@dean.schneider) on

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Dean Schneider é suíço, mas decidiu dedicar sua vida aos animais selvagens vítimas da ação humana. Hoje ele vive na África do Sul, onde criou o santuário Hakuna Mipaka Oasis, em uma área de mais de 400 hectares que costuma receber milhares de espécies de animais, que foram maltratados e retirados da natureza. Este, assim como outros leões, foram salvos graças a ele!

dean abraçando leão
Foto: Instagram

Segundo o jovem de 27 anos, os leões costumam ser mal compeendidos, já que gostam de companhia e sempre priorizam a família.

De fato, esta caracsterística fica bastante clara quando assistimos o vídeo e vemos o leão fazer diversos afagos no seu humano preferido antes de tirar uma soneca.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

dean com leopardo
Foto: Instagram

O santuário

Diferente de muitas instituições, o santuário de Dean não é aberto ao público e conta com uma equipe especializada em reabilitar animais mal tratados, para que eles possam voltar à natureza.

Sua ideia não é transformar a área em atração turística e assim ganhar dinheiro com os animais, a verdade é que suas intenções ficam bastante claras quando observamos seu Instagram.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Eterno apaixonado e defensor da vida selvagem, Dean tem mais de 7 milhões de seguidores e costuma publicar diversos vídeos em seu canal no Youtube. Esta, segundo ele, é a única maneira do publico conhecer os animais que vivem em seu santuário.

Infelizmente, o ser humano acabou construíndo uma relação de poder em sobre os animais, que está custando a extinção de milhares de espécies. No entanto, a missão de Dean é mostrar ao mundo que as coisas podem e devem ser diferentes.

Seres humanos e animais sabem viver em perfeita harmonia, só precisamos de mais amor e respeito!

dean dando risada com hiena
Foto: Instagram

Fonte: Catraca Livre

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,646,211SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

[VÍDEO] Dez anos depois, amigas reabrem cofre e leem cartas que escreveram para eternizar amizade

Para que a amizade permanecesse depois da faculdade, cinco amigas escreveram cartas que prometeram ler juntas dez anos depois. Elas foram trancadas em um cofre...

Aos 102 anos, judia recebe título de doutorado negado por nazistas

Foram quase 80 anos de espera, mas finalmente aconteceu. A alemã Ingeborg Rapoport, de 102 anos, recebeu o título de doutorado, que lhe foi negado pelos nazistas...

Mulher que não pode andar se junta a homem cego em caminhadas

Uma dupla 'atípica' trouxe um novo significado para a palavra "determinação". Enquanto um não pode andar, o outro não pode ver. Juntos, eles se...

Projeto social ensina programação e ajuda integrar refugiados ao mercado de trabalho brasileiro (RJ)

Conheça o projeto Toti, escola de programação que promove educação e inserção profissional na área de Tecnologia da Informação para comunidades de refugiados.

Menina de 8 anos escreve livros para que crianças se sintam representadas nas histórias e se motivem a ler

Tudo começou quando Selah Thompson tinha apenas 5 anos e se deu conta de que a maioria de seus colegas do jardim da infância...

Instagram