Bangladesh bane lei que obrigava noivas a dizerem se eram virgens

A Suprema Corte de Bangladesh, instituição máximo do Poder Judiciário do país, determinou que as mulheres bengalis não precisarão mais declarar que são virgens antes de casar.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Por décadas, os formulários femininos de registro de matrimônio tinham um campo com a palavra “virgem” para as noivas assinalarem. Esse campo será substituído por “não casada”. Ou seja, solteira.

O pedido de mudança foi iniciado há cinco anos, quando um grupo de advogados ativistas dos direitos das mulheres apresentaram o projeto na Justiça alegando que “fazer a noiva se declarar virgem era humilhante e violava a privacidade das pessoas”.

Ajude a mudar a vida da Ana Paula, mulher trans em situação de rua

Os advogados pediram a retirada da palavra ‘kumari’ dos registros de matrimônio, que em bengali quer dizer “solteira”, mas também quer dizer “virgem”. Agora, a palavra será substituída por “obibahita”, que significa “não casada”, ao lado das opções “viúva” e “divorciada”.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Bangladesh bane lei que obrigava noivas a dizerem se eram virgens

Justiça para as noivas

A Suprema Corte também determinou que os homens devem informar no registro de matrimônio o seu estado civil antes de se casar – o que não acontecia antes.

Segundo os funcionários dos sistemas de registros e cartórios do país, esse detalhe fazia com que muitas pessoas questionassem por que os homens tinham o direito de não revelar o estado civil, mas as mulheres não.

Leia também:

A decisão histórica obriga que todos os formulários matrimoniais sejam alterados nos próximos meses, uma vitória do movimento progressista em um país marcantemente conservador, onde os direitos das mulheres são muitas vezes renegados e reprimidos.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Você conhece o VOAA? VOAA significa vaquinha online com amor e afeto. E é do Razões! Se existe uma história triste, lutamos para transformar em final feliz. Acesse e nos ajude a mudar histórias.

Fonte: Capricho/Foto: Reprodução

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM









Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,917,765SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Ela venceu o preconceito na faculdade de Moda e hoje é referência

Darlene Martins Nobre teve que superar o preconceito por conta de sua idade quando na faculdade de Moda.

Instrutor de Zumba com Down arrasa no gingado e diz: “Sou diferente, mas não incapaz”

Marcelo de Felipe rompe o estereótipo da pessoa com Down com muita ginga!

Mesmo paraplégico e com bala alojada, aluno de medicina assiste aula na maca em Piauí

Leandro Silva de Souza tem 21 anos e é um verdadeiro exemplo de superação diária e de como é importante nós não desistirmos de...

Conheça a história de Sílvia e Nickollas Grecco, ganhadores do prêmio “Torcedor do Ano” da FIFA

A presença dos dois em estádios para jogos do Palmeiras foi frequente nos últimos anos, até que em setembro de 2018 a dupla foi descoberta por uma equipe de reportagem da TV Globo.

Tucano visita quarto de bebê, deixa rastro de alegria e volta à natureza, no RJ

O que mais parecia um dia normal de Beatryz Costa e seu marido Evandro, tornou-se um dia inesquecível graças à visita inesperada de um...

Instagram

Bangladesh bane lei que obrigava noivas a dizerem se eram virgens 3