Pesquisadores transformam leite materno em pó que pode ser distribuído pelo SUS

Clique e ouça:

Uma inovadora pesquisa da Universidade Estadual de Maringá (UEM) demonstrou que o leite materno na sua versão em pó não perde nutrientes, podendo ser distribuído pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Vanessa Javera, estudante de doutorado do Programa de Pós-Graduação em Ciência de Alimentos da UEM e o professor Jesui Vergilio Visentainer estão por trás do estudo, que segundo eles, é inédito no Brasil.

“Pensando que o aleitamento materno exclusivo até os seis meses de idade é realidade para apenas 40% das brasileiras, permitir que o leite materno seja viável e distribuído para a população pelo Sistema Único de Saúde é inovador”, diz Vanessa.

Pesquisadores brasileiros transformam leite materno em pó sem perder nutrientes
Vanessa Javera, estudante de doutorado do Programa de Pós-Graduação em Ciência de Alimentos da UEM. Foto: Arquivo pessoal

O leite materno é um alimento essencial para o desenvolvimento dos bebês, possuindo alta capacidade nutritiva. A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda que ele seja o único alimento oferecido até os seis meses de vida da criança.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Depois disso, a introdução de outros alimentos pode ser feita, mas o leite materno deve ser mantido até os dois anos de vida. Pelo menos, esse é o ideal.

A pesquisa

O método consiste no processo de pasteurização do leite materno congelado, que é desidratado até virar pó, sem perder seus nutrientes.

Pesquisadores brasileiros transformam leite materno em pó sem perder nutrientes
Foto: Arquivo pessoal

Em seguida, o leite é encaminhado às instituições de saúde. “Trabalhamos com fatores imunológicos, nutricionais e antioxidantes, e todos esses componentes permaneceram no leite que foi transformado em pó. O resultado mostra que esse processo é viável”, contou Vanessa.

Nos EUA, uma mãe que perdeu a filha pouco após seu nascimento doou mais de 100 litros de leite materno para outros bebês.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A pasteurização é importante para evitar a transmissão de doenças.

O produto final é mais resistente à contaminação, além de ser mais simples e barato no processo de armazenamento, transporte e distribuição.

Pesquisadores brasileiros transformam leite materno em pó sem perder nutrientes
O professor Jesui Vergilio Visentainer também fez parte da pesquisa que, segundo ele, é inédita no país. Foto: Arquivo pessoal

Como funciona hoje

Os banco de leite humano funcionam com a coleta de leite materno congelado das casas das doadoras. Após a coleta, os recipientes são depositados em caixas térmicas com controle rigoroso de temperatura.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ao chegar no banco, o produto passa pelo processo de pasteurização e depois é levado para hospitais para atender bebês recém-nascidos internados.

É necessário manter o produto congelado, sempre, pois ao ser descongelado, ele perde sua validade em 24 horas, devendo ser consumido o mais rapidamente possível.

“Quando pensamos que bebê amamentado terá um desenvolvimento cognitivo melhor e ficará menos doente, esse estudo se torna ainda mais relevante”, concluiu a pesquisadora.

O estudo de Vanessa e Jesui recebeu o prêmio Péter Murányi, que reconhece trabalhos inovadores para melhorar a qualidade de vida da população.

Durante o Mês da Mulher, nós aqui do Razões junto com O Boticário contaremos histórias de mulheres que ajudam mulheres. Vamos falar sobre essa linda rede de apoio, para mostrar que #SomosFeitasDeTodas. Acesse as histórias aqui.

Fonte: G1

Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,078,209FãsCurtir
2,422,376SeguidoresSeguir
20,712SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Confeiteira é humilhada por cobrar taxa de entrega de R$2 e recebe apoio de internautas

A confeiteira Ângela Oliveira foi humilhada por uma cliente que se recusou a pagar a taxa de entrega do seu bolo de pote. Na troca...

Sogro anda de mãos dadas com genro para ajudá-lo a superar medo de sair na rua com o namorado

Fran guarda algumas memórias ruins de um passado recente, quando ele sofreu preconceito por ser homossexual. O jovem foi agredido fisicamente, além de ter passado...

Vaquinha para motoboy humilhado bate mais de R$100 mil em menos de 24h

Todo mundo acordou ontem precisando engolir a seco a história do Matheus Pires, de Valinho (SP). Vivemos em um país onde ainda há muita indiferença...

Homem raspa cabelo da namorada com alopecia, depois o seu também e ela não aguenta a emoção

Quando a gente escuta que amar não tem limites, a gente fala de gestos como o de Damien! Ele namora Eva Barilaro e, recentemente, os...

Holanda bate recorde e é o primeiro país sem nenhum cão de rua abandonado

O governo holandês deu uma notícia inspiradora para todo o mundo. O país é o único a não ter cães de rua abandonados. Isso é...

Instagram

Pesquisadores transformam leite materno em pó que pode ser distribuído pelo SUS 13