Pesquisadores transformam leite materno em pó que pode ser distribuído pelo SUS

Uma inovadora pesquisa da Universidade Estadual de Maringá (UEM) demonstrou que o leite materno na sua versão em pó não perde nutrientes, podendo ser distribuído pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Vanessa Javera, estudante de doutorado do Programa de Pós-Graduação em Ciência de Alimentos da UEM e o professor Jesui Vergilio Visentainer estão por trás do estudo, que segundo eles, é inédito no Brasil.

“Pensando que o aleitamento materno exclusivo até os seis meses de idade é realidade para apenas 40% das brasileiras, permitir que o leite materno seja viável e distribuído para a população pelo Sistema Único de Saúde é inovador”, diz Vanessa.

Pesquisadores brasileiros transformam leite materno em pó sem perder nutrientes
Vanessa Javera, estudante de doutorado do Programa de Pós-Graduação em Ciência de Alimentos da UEM. Foto: Arquivo pessoal

O leite materno é um alimento essencial para o desenvolvimento dos bebês, possuindo alta capacidade nutritiva. A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda que ele seja o único alimento oferecido até os seis meses de vida da criança.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Depois disso, a introdução de outros alimentos pode ser feita, mas o leite materno deve ser mantido até os dois anos de vida. Pelo menos, esse é o ideal.

A pesquisa

O método consiste no processo de pasteurização do leite materno congelado, que é desidratado até virar pó, sem perder seus nutrientes.

Pesquisadores brasileiros transformam leite materno em pó sem perder nutrientes
Foto: Arquivo pessoal

Em seguida, o leite é encaminhado às instituições de saúde. “Trabalhamos com fatores imunológicos, nutricionais e antioxidantes, e todos esses componentes permaneceram no leite que foi transformado em pó. O resultado mostra que esse processo é viável”, contou Vanessa.

Nos EUA, uma mãe que perdeu a filha pouco após seu nascimento doou mais de 100 litros de leite materno para outros bebês.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A pasteurização é importante para evitar a transmissão de doenças.

O produto final é mais resistente à contaminação, além de ser mais simples e barato no processo de armazenamento, transporte e distribuição.

Pesquisadores brasileiros transformam leite materno em pó sem perder nutrientes
O professor Jesui Vergilio Visentainer também fez parte da pesquisa que, segundo ele, é inédita no país. Foto: Arquivo pessoal

Como funciona hoje

Os banco de leite humano funcionam com a coleta de leite materno congelado das casas das doadoras. Após a coleta, os recipientes são depositados em caixas térmicas com controle rigoroso de temperatura.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ao chegar no banco, o produto passa pelo processo de pasteurização e depois é levado para hospitais para atender bebês recém-nascidos internados.

É necessário manter o produto congelado, sempre, pois ao ser descongelado, ele perde sua validade em 24 horas, devendo ser consumido o mais rapidamente possível.

“Quando pensamos que bebê amamentado terá um desenvolvimento cognitivo melhor e ficará menos doente, esse estudo se torna ainda mais relevante”, concluiu a pesquisadora.

O estudo de Vanessa e Jesui recebeu o prêmio Péter Murányi, que reconhece trabalhos inovadores para melhorar a qualidade de vida da população.

Durante o Mês da Mulher, nós aqui do Razões junto com O Boticário contaremos histórias de mulheres que ajudam mulheres. Vamos falar sobre essa linda rede de apoio, para mostrar que #SomosFeitasDeTodas. Acesse as histórias aqui.

Fonte: G1

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

Relacionados

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

995,972FãsCurtir
1,932,209SeguidoresSeguir
9,453SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Magazine Luiza cria plataforma para autônomos venderem a própria mercadoria

O Magazine Luiza lançou hoje (31) o Parceiro Magalu, uma plataforma digital de vendas para ajudar micro e pequenos varejistas e profissionais autônomos a...

Magazine Luiza doa 1.000 colchões e travesseiros para moradores de rua em Belém (PA)

Desde o último sábado (21), o Estádio Olímpico do Pará, o Mangueirão, passou a receber centenas de pessoas em situação de rua da Região Metropolitana...

Idoso de 80 anos constrói trenzinho para cães que resgatou das ruas

Um idoso de 80 anos passa seu tempo livre operando o que provavelmente pode ser o trem mais divertido do mundo! O senhor Eugene Bostick...

Pai adota 5 irmãos que viviam em abrigos diferentes para que não se separassem

Barreto diz que adotaria 10 crianças e adolescentes se tivesse condições.

Cão terapeuta conforta médicos que lutam contra coronavírus e emociona a web

Os profissionais de saúde estão na linha de frente para combater o novo coronavírus (Covid-19), ajudando no tratamento e cura dos pacientes infectados. O ambiente...

Instagram