Leoa abandonada abraça homens que a resgataram da morte na África

Uma leoa vivendo em seu selvagem habitat natural desenvolveu um laço afetivo com dois homens que a resgataram quando ainda era filhote. Sirga, uma leoa nascida na República do Botswana, na África, foi salva por Valentin Gruener e Mikkel Legarth, que se dedicam à conservação da espécie na região e a encontraram abandonada, sem comida, depois que seus irmãos foram mortos. Apesar de tratar os dois como iguais, a leoa mantém sua autonomia e caça em ambiente selvagem. Valentin e Mikkel esperam poder salvar mais animais com seu trabalho.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Atualmente, Sirga é o símbolo do Modisa Wildlife Project, que luta pela preservação dos leões em Botswana e foi fundado pelo alemão Gruener e o dinamarquês Legarth.

O projeto da dupla também tem o objetivo de chegar a um acordo com os fazendeiros locais para impedir o desaparecimento de mais animais da espécie. O plano é realocar os leões que estão tendo contato com outros humanos para uma grande área protegida onde eles poderão se mover e alimentar livremente. Veja um vídeo com eles brincando com a leoa:

01 02 03 04 05 06

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

[via]

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,575,137SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Pai se veste de Homem-Aranha e faz surpresa de aniversário para filho com câncer terminal

Um pai se vestiu de Homem-Aranha para surpreender seu filho que luta contra um tumor no cérebro. Mike Wilson se vestiu como herói para fazer...

Japão tapa buraco gigante em avenida em apenas 48 horas

Um grupo de trabalhadores atuou em turnos contínuos e finalizou o reparo em dois dias.

Centro de tratamento de câncer na Inglaterra usa a arquitetura como terapia

Todas as salas do lado leste possuem um jardim privativo. No lado sul, existe uma estufa, onde os pacientes podem se reunir para praticar jardinagem terapêutica.

Empresa estimula o compartilhamento de experiências entre colaboradores e jovens através de cartas

A Sanofi, multinacional do setor farmacêutico, realiza o projeto “Carta e Carreira”, que envolve colaboradores voluntários da empresa e jovens em situação de vulnerabilidade...

Homem que dormia em barraca encontra casa reformada na volta de acampamento

Claudemir Inácio da Silva dormia em uma barraca no quintal de casa, em Umuarama (PR). Por causa da dependência química, destruiu tudo o que tinha ali. A casa foi reformada por membros de uma igreja, que também sugeriu a Claudemir participar de um grupo de Narcóticos Anônimos.

Instagram