Vitória! Lésbica é a mulher mais votada para o Congresso em eleições no Peru

Uma candidata lésbica foi a mulher mais votada para o Congresso peruano, em pleito realizado no último dia 11 de abril. Susel Paredes, 57 anos, conquistou 59 mil votos e ficou em quarto lugar entre os parlamentares eleitos.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Paredes é advogada e tem uma extensa carreira política na luta pelos direitos LGBT+ no Peru. Esta foi a terceira vez em que ela se candidatou ao cargo e a primeira em que efetivamente foi eleita pelo voto popular.

Atualmente, Paredes tem um processo na Justiça peruana para a validação de seu matrimônio com sua esposa, que também é advogada. As duas se casaram nos Estados Unidos, já que o casamento entre pessoas do mesmo sexo não é permitido no Peru.

Mulher com o braço levantado
Susel Paredes tem longa carreira política e de luta pelos direitos LGBT+ no Peru. Foto: reprodução/Instagram Susel Paredes

“Eu sempre brinco que espero que meu casamento dure mais do que meu processo contra o Estado peruano. Minha vida é sobre lutar pelos nossos direitos”, contou Paredes à agência Reuters.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A agora congressista do Partido Roxo já levou a melhor em seu processo contra o Estado na primeira instância. Durante a batalha pelos seus direitos na segunda instância, Paredes também poderá atuar dentro do sistema político para acabar com preconceitos e estigmas ultrapassados.

“Os grupos perseguidos estão acostumados a avançar em meio à hostilidade. Não são temas fáceis de debater. Veremos como se formará o Congresso e se contamos com aliados.”

Cinco políticos homossexuais chegaram ao poder no Peru

Um dos países mais atrasados nos direitos dos homossexuais na América Latina, o Peru tinha apenas três políticos assumidos eleitos em toda a sua história. Além de Susel, Alejandro Cavero também chegará ao Congresso após o pleito da última semana.

Completam a lista de parlamentares assumidamente gays Carlos Bruce (eleito em 2006, mas se assumiu só em 2014), Alberto Belaunde e Miguel Gonzáles – estes dois últimos, em 2016.


Quer conhecer mais uma história inspiradora? Dá o play! 

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,518,910SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Vó organiza protesto contra castigo desproporcional do filho para o neto

Todo pai deseja o melhor para os seus filhos, mas nem sempre há uma convergência sobre qual caminho é o melhor a se seguir. Quando...

Casal adota 6 irmãos que passaram 5 anos em orfanato

O casal Steve e Rob Anderson-McLean, da Pensilvânia, EUA, adotou seis irmãos que passaram 1.640 dias em um orfanato. Steve e Rob estão juntos há 18...

Detentos produzem 200 mil peças de eletroeletrônica em presídio

Os detentos conseguem remissão da pena, aprendem uma nova profissão e ganham salário para ajudar a família, no Presídio de Santa Rita do Sapucaí.

Segurança tenta, mas não impede homem de pagar comida a menino

Segurança tentou impedir o jovem Kaique Sofredine de comprar uma refeição para um garoto em situação de vulnerabilidade social.

Série de fotos mágicas misturam dança e água

Mallory Morrison é um fotógrafo de Los Angeles, Califórnia. O artista começou como fotógrafo de dança e depois começou a evoluir seu estilo para imagens subaquáticas. O trabalho...

Instagram