Lobo-marinho encontrado doente em praia de SC com resíduos de plástico no estômago volta ao mar

Em outubro deste ano, um filhote de lobo-marinho-do-sul foi encontrado à beira da morte na Praia Mole, em Florianópolis (SC). Faminto e bastante desidratado, o animal não sobreviveria por muito tempo sozinho.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Com a ajuda de uma equipe de campo da R3 Animal, entidade que reabilita espécies marinhas no estado, o lobo-marinho foi resgatado e levado para a sede da organização.

Lobo-marinho encontrado doente em praia de SC com resíduos de plástico no estômago volta ao mar

Por vários dias, o filhote defecou partículas de plástico, o que preocupou seus cuidadores. Felizmente, com uma dieta alimentar balanceada e o acompanhamento de veterinários, ele recuperou o peso e sua saúde.

Exames posteriores confirmaram que o animal também não corria mais risco de vida, pois não havia qualquer obstrução em seu trato gastrointestinal devido ao plástico.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

No início desta semana, após dois meses de reabilitação, o lobo-marinho foi reinserido ao seu habitat natural, o Oceano Atlântico!

Uma embarcação levou-o até a Ilha do Xavier, em Florianópolis, onde ele foi solto em alto-mar.

Também chamado de lobo-marinho-sul-americano (Arctocephalus australis), ou chamado de lobo-marinho-escuro e até urso-do-mar, a espécie pode ser observada em toda a América do Sul, inclusive na costa do Peru, Chile, Argentina e Uruguai.

Quando são desmamados, os jovens lobos-marinhos migram sozinhos em busca de alimentos – e descanso. Por isso, é comum avistá-los durante o outono e o inverno no sul do Brasil.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

De acordo com a R3 Animal, “no Rio Grande do Sul existem dois Refúgios de Vida Silvestre (REVIS) onde são encontrados lobos-marinhos e leões-marinhos, um situado na cidade de São José do Norte, o REVIS do Molhe Leste, e outro em Torres, o REVIS da Ilha dos Lobos”.

O lobo-marinho-do-sul, cuja população é estimada em 220 mil espécimes (duzentos mil só no Uruguai), pode medir até 2 metros de comprimento e pesar até 200 quilos. Na natureza, vivem 30 anos ou mais, a depender das condições climáticas a que estão expostos.

Assista como foi, na íntegra, o I Prêmio Razões Para Acreditar!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Fonte: Conexão Planeta
Fotos: R3 Animal

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,234,546SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Noivo ‘abandona’ casamento e mergulha no mar para salvar jovem

Ele estava posando para fotos com sua noiva quando uma mulher gritou ao ver o jovem se debatendo na água desesperadamente.

Mulher amputada quebra tabus ao retratar sua gravidez e parto em fotos poderosas

A mato-grossense atendente de Call Center Lurdes Soares teve suas pernas amputadas aos sete anos após ser atropelada por um caminhão. Em entrevista ao site Mãe Onça, ela explica que a deficiência nunca...

Vovô de 80 anos salva menino no mesmo rio que salvou pai da criança

Depois de salvar a criança, ele descobriu que salvou o pai do garoto na mesma situação 30 anos atrás.

Pintora mirim vende quadros para pagar cirurgia que fará amigo cego voltar a enxergar

Por vezes, as crianças surpreendem os adultos na sua forma criativa e até prática de resolver problemas. É o caso de uma pintora mirim...

Prefeito de Colatina (ES) é exemplo de boa gestão e humildade

Um vídeo com 7 milhões de visualizações e 207.264 compartilhamentos viralizou no Facebook. Nas imagens, Sérgio Meneguelli, Prefeito de Colatina, no Espírito Santo, aparece plantando...

Instagram