Loja em SP vende produtos orgânicos a preço de custo

Clique e ouça:

Aberto ao público da capital paulista no final de maio, o Instituto Chão, uma organização sem fins lucrativos, quer incentivar o consumidor a pensar em toda a cadeira produtiva do alimento que chega à sua mesa. Os produtos são vendidos pelo mesmo valor pago pelo produtor ou pela distribuidora. E todos eles são cultivados com técnicas de produção orgânica.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Os alimentos e as mercadorias vêm de várias partes do Brasil. O Instituto mostra que produtos saudáveis podem ser mais acessíveis. “O objetivo é inverter a lógica de mercado. Que quanto mais organizado estiver o processo de produção, quanto mais crescer o projeto, mais barato fiquem os produtos para o consumidor”, destacou recentemente em entrevista Fábio Mendes, um dos fundadores do Instituto Chão.

O consumidor pode adquirir o produto de duas maneiras: comprando a mercadoria diretamente ou se associando ao clube da loja e pagando uma mensalidade. Se você estiver em São Paulo e quer conhecer mais o Instituto Chão, ele funciona na Rua Harmonia, 123, Vila Madalena. O local abre de segunda a sábado, das 10h às 20h.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Fotos: Reprodução/Facebook Instituto Chão

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,026,653FãsCurtir
2,191,217SeguidoresSeguir
11,997SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Brasileira voluntária da 2ª Guerra Mundial é hoje voluntária na luta contra o Coronavírus

A dona Blandina era adolescente quando confeccionou luvas para os soldados brasileiros da FEB (Força Expedicionária Brasileira) que lutaram na 2ª Guerra Mundial. Lá se...

Jovens antecipam casamento após saber que um deles tem apenas 5 meses de vida

Se você, assim como eu, se acabou de chorar vendo "Um amor para recordar" lá em 2002, se prepare: essa história é real, e...

Policiais unem-se a manifestantes em ato contra racismo e violência, nos EUA

É preciso tomar muito cuidado com generalizações, afinal, a profissão e a raça de uma pessoa não podem a definir. E para provar isso, diversos...

Engenheiro cria próteses gratuitas para pessoas carentes em impressora 3D

Aos 24 anos, o engenheiro industrial Guillermo Martinez decidiu usar todo seu conhecimento e criatividade em prol das pessoas carentes. Depois de comprar uma...

Pela primeira vez o Solstício de verão de Stonehenge será transmitido online

Pela primeira vez na história poderemos acompanhar o solstício de verão de Stonehenge online, o evento marca o dia mais longo do ano e...

Instagram