Ação de Luisa Mell faz maior rede de pet shops do Brasil parar de vender cães e gatos

Graças à atuação da apresentadora, atriz e ativista vegana Luisa Mell, a maior rede de pet shops do Brasil, a Petz, anunciou ontem o fim da comercialização de animais de estimação em todas as suas lojas.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Alguns dias antes, Luisa (e toda a equipe de funcionários e voluntários da Fundação Luisa Mell) foram pivô do maior resgate de animais já registrados no Brasil. Segundo a Polícia Militar, mais de 1700 cachorros foram resgatados de um canil que não tinha permissão de funcionamento dos órgãos de fiscalização e que estava funcionando de forma irregular.

Denúncias também acusaram o canil de maus tratos constantes aos animais.

Ao tomar conhecimento disso, a Petz, atualmente a maior rede de pet shops do país, suspendeu o fornecimento de filhotes para suas filiais e anunciou o fim da parceria com o canil denunciado – já que a Petz tinha contrato com o estabelecimento.

No entanto, isso foi apenas o estopim para algo ainda maior: Sergio Zimerman, presidente da Petz, publicou nas redes sociais na noite desta terça-feira um vídeo afirmando que sua empresa deixaria de comercializar cães e gatos em definitivo, proibindo as 82 lojas da rede de venderem animais de estimação.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Luisa Mell
Instagram @luisamell/Reprodução)

Ao explicar os motivos que o fizeram tomar essa decisão, Sergio diz que a Petz “mantinha um rígido controle dos criadores de filhotes” que a empresa posteriormente revendia em suas filiais. Entretanto, mesmo com uma política rígida, o canil foi alvo de denúncias de maus tratos. Ele então consultou sua equipe sobre a probabilidade de uma denúncia semelhante voltar a ocorrer.

Leia também13 histórias que vão te lembrar a importância das ONGs que cuidam de cães abandonados

Em resposta, a equipe disse que o “processo de fiscalização dos fornecedores de filhotes é 99% seguro”. Não podendo garantir que todos os cachorros e gatos vendidos estejam livres de maus tratos, a empresa como um todo decidiu que seria melhor encerrar o departamento de venda de animais.

No vídeo (disponível abaixo), Sergio afirma que os filhotes remanescentes que estão nas lojas não podem ser remanejados. Quando eles forem eventualmente vendidos, o lucro com a venda será transferido para projetos filantrópicas da Petz.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

E olha que bacana: todo o espaço interno das filiais que eram utilizados para a venda dos animais será reestruturado e destinado a eventos de adoção promovidos por ONGs parceiras. Não é demais?

Sem dúvidas, este é um grande passo adiante na luta contra a “indústria de filhotes” do Brasil. Aliás, a nutricionista Lara Nesteruk está promovendo uma aula beneficente, onde 100% do lucro irá para ajudar um abrigo de animais, saiba mais aqui.

Veja o pronunciamento do presidente da Petz no Instagram:

 

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Uma publicação compartilhada por Petz (@petz) em

Leia tambémProjeto troca animais a venda em pet shops por animais abandonados para incentivar a adoção dos bichos

Compartilhe o post com seus amigos!

  • Siga o Razões no Instagram aqui.
  • Inscreva-se em nosso canal no Youtube aqui.
  • Curta o Razões no Facebook aqui.

Fonte: Vista-se

Crédito de fotos: Divulgação / Reprodução Instagram

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

Relacionados

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

996,531FãsCurtir
1,940,187SeguidoresSeguir
9,507SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

USP cria ventilador pulmonar de baixo custo com tecnologia 100% brasileira

Cientistas da USP desenvolveram um protótipo de ventilador pulmonar emergencial capaz de ser produzido em massa para atender a demanda hospitalar de pacientes infectados...

Homem planta 152 milhões de árvores e refloresta manguezal sozinho no Senegal

Um homem aposentado plantou incríveis 152 milhões de árvores em um intervalo de 10 anos às margens do rio Casamansa, no Senegal. Plantando sem parar...

Nesse hotsite especial agrupamos vagas home office para ajudar você

Por conta do coronavirús, as empresas estão adotando o home office para driblar a crise. Para ajudar você que perdeu ou busca por um...

Idoso de 80 anos constrói trenzinho para cães que resgatou das ruas

Um idoso de 80 anos passa seu tempo livre operando o que provavelmente pode ser o trem mais divertido do mundo! O senhor Eugene Bostick...

Cliente antecipa pagamentos para salão de sobrancelha passar por crise do coronavírus

A servidora pública Débora Benon, de Brasília (DF), tinha uma viagem planejada com o marido e os três filhos no início de abril. Mas veio...

Instagram