Para criar a filha com paralisia, mãe assa pães em forno emprestado do vizinho e comove internautas

A dona Sonia Maria dos Santos, 58 anos, assa pão em um forno emprestado para não deixar faltar nada à filha com paralisia.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Criamos uma vaquinha na VOAA para dona Sonia ter seu próprio forno, comprar os ingredientes dos pães, além de suprir as necessidades da filha e o sustento da casa. Clique aqui e contribua.

A mãe da Daiana, 31 anos, é analfabeta e fazia “bicos” de faxineira em Itapoá (SC), mas com a pandemia, ela ficou sem serviços. (Queremos muito, muito encontrar alguém que possa ensinar a dona Sônia a fazer pão! Alguém de Itapoá se disponibilizaria?!)

Mas ela não poderia ficar parada, já que precisa comprar fraldas e medicamentos para a filha.

Foi então que ela pediu o forno de um vizinho emprestado para assar pães artesanais e vendê-los.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

mãe segurando colo filha paralisia
Foto: Arquivo pessoal

Pai abandonou filha quando ela ainda era bebê

Dona Sonia nunca teve o auxílio do pai da Daiane. A menina tinha apenas 1 ano de vida quando o pai abandonou a família.

Hoje, Sonia vive apenas das vendas dos pães e do benefício da filha.

mulher paralisia sentada cadeira
Foto: Arquivo pessoal

“Ele nunca ajudou, então sempre fiz tudo sozinha.”

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Mas dona Sonia, mesmo constrangida, teve que apelar para a ajuda dos outros dois filhos e de clientes próximos depois que as vendas caíram drasticamente.

Vaquinha para dona Sonia comprar seu forno, ingredientes, cuidar da filha e manter a casa. Clique aqui e contribua.

Seu sonho é sair do aluguel

Metade da renda da dona Sonia é comprometida pelo aluguel da casa.

No verão, ela faz geladinho, massa de macarrão e bolo para vender quando sobra dinheiro para comprar os ingredientes.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Não tem dia nenhum que seja ruim pra mim, eu estando com ela é uma bênção de Deus, só me dói por dentro não poder dar uma assistência melhor para minha filha”, diz emocionada.

mãe abraçando filha paralisia
Foto: Arquivo pessoal

Devido à meningite aos 5 anos de idade, filha foi perdendo os movimentos e a voz

Sonia contou que a filha entrou andando e conversando em um hospital de Curitiba, e saiu entre a vida e a morte, amparada por aparelhos respiratórios.

Quando tinha 15 anos, quase partiu após uma cirurgia na coluna, deixando de andar de vez.

mulher segurando bacia massa pão
Foto: Arquivo pessoal

“É muito difícil pra gente, pois, quando ela está com dor, eu sofro também”, afirma a mãe que precisa de ajuda para identificar os remédios da filha por não saber ler nem escrever.

Vamos ajudar essa mãezona! Clique aqui e mude a vida dela e da filha.

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,645,514SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Menina de 6 anos comove internet com sonho de ter uma casa com geladeira ‘para beber água gelada’

Vitória vive em condições muito humildes. A casa dela não tem água e nem energia. A gente quer mudar um pouco a vida dessa garotinha. Vamos juntos?

Repórter adota cãozinho que não parava de abraçá-lo durante reportagem

Esse doguinho literalmente escolheu seu novo tutor! Geralmente é o contrário, né, não para esse Caramelo, que deu um abraço dengoso no repórter e...

Jovem se forma na universidade onde foi abandonada quando era bebê sem guardar mágoa

O ano era 1984, fruto de uma gravidez indesejada, Jillian foi abandonada pela mãe, uma estudante da Universidade de São Francisco, nos Estados Unidos,...

“Tem açúcar?” Uma plataforma on line de empréstimo de coisas entre vizinhos

Há alguns dias, postamos a matéria do Pumpipumpe, que se trata de um projeto de consumo consciente, onde as pessoas colocam adesivos que representam os...

Instagram