Um ano após ninguém aparecer no chá de bebê, jovem mãe faz festinha para filho e reforma casa com vaquinha

A Vanessa Oliveira, de 17 anos, passou por algumas dificuldades com a chegada do filho Arthur. Após uma gravidez inusitada, ela sofreu uma grande decepção: preparou um chá de bebê para o filho e ninguém apareceu! 😔

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quando soubemos da história, lançamos uma vaquinha na Voaa para ajudar um pouco a Vanessa com as despesas essenciais do Arthur. Conseguimos arrecadar um valor que foi o suficiente para essa jovem mãe e o filho se manter até agora.

Outra jovem que precisa da nossa ajuda é a Kevelyn, que após sofrer acidente de moto, perdeu sua perna e sonha ter uma prótese. Estamos com a sua vaquinha na Voaa!

 

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Relembre essa história

Vanessa não sabia que estava grávida. Ela nunca teve os sintomas comuns de uma gravidez. Além disso, a barriga não se desenvolveu. Nem a jovem e nem os médicos notaram a gestação. Foi somente na hora do parto que Vanessa descobriu que seria mãe.

Mesmo com tantas dificuldades, Vanessa recebeu o apoio da sua mãe Eliane e da irmã dela, Danielle.

Essa criança, que só de ter nascido com saúde já é abençoada, faz 3 meses em alguns dias. Como foi um neném surpresa, não tivemos a oportunidade de marcar um chá de bebê antes”, contou a irmã Danielle.

Então de última hora, Vanessa chamou alguns amigos para o chá de bebê do Arthur. Danielle conta que a irmã ficou horas tentando deixar a casa um pouco mais apresentável, já que o local estava em construção na época.

E gente, ninguém apareceu!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A jovem Vanessa ficou horas tentando deixar a casa um pouco mais apresentável para receber os convidados, mas ninguém apareceu no chá de bebê. Foto: Arquivo Pessoal

Teve festinha de 1 aninho para o bebê

Após tudo que aconteceu, o bebêzinho ganhou sua festinha de 1 ano!

“No lugar de refazer o chá, fizemos uma mini festinha de 1 ano pra ele. Foi muito fofinha, muita gente ajudou com bolo, salgado”.

Olha só que fofo!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Vaquinha ajudou família a reformar quarto do bebê

Na época que lançamos a vaquinha da Vanessa, ela nos contou que o Arthur precisava de muita fralda tamanho P. O dinheiro também seria investido nessa aquisição, mas elas queriam muito usar uma parte para terminar a casa da família.

Um ano após as doações, a Vanessa nos contou que elas conseguiram! O dinheiro deu para terminar a casa e até para fazer um quarto pro Arthur! ❤❤

Olha o quarto como era antes e como está agora!

mãe faz chá de bebê e ninguém aparece
Antes e depois de um dos cômodos da casa da Vanessa.

Vanessa também nos contou que o pai do Arthur nunca contribuiu com nada. Ela precisou recorrer a justiça para tentar receber uma pequena pensão para custear as despesas do filho.

Enquanto não sai o resultado do processo, Vanessa continua recebendo doações e precisando muito!

Para quem quiser ajudar diretamente a família, pode chamar a Danielle pelo 012 99249-2222.

Selo Conteúdo Original Razões para Acreditar

Seguimos Acreditando!

A equipe da VOAA apura todas as vaquinhas publicadas na plataforma. Acompanhamos as histórias antes, durante e após finalizar as campanhas em nossas redes sociais.

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,635,437SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Motorista muda rota do ônibus para levar cadeirante diretamente ao seu destino e facilitar seu deslocamento

No último domingo (4), uma atitude de pura empatia chamou a atenção dos moradores de Praia Grande, em São Paulo. Uma moradora do bairro Caieiras,...

Conheça atos heróicos da vida real

Em meio a notícias ruins que nos bombardeiam diariamente, encontrei uma compilação emocionante de pequenos-grandes atos de heroísmos de pessoas comuns fazendo o bem...

Essa feirante optou viver com R$ 7 por dia, e o restante doar para caridade e escolas. Já doou mais de R$ 850 mil

Ela trabalha 18 horas por dia, seis dias por semana. Não importa quanto ganhe, a feirante Chen Shu-chu, 63 anos, diz precisar de apenas...

Meninas criam canal de culinária no YouTube para aprender a ler e escrever

Um jeito gostoso de ensinar crianças e adolescentes que têm dificuldades para ler e escrever.

Adoção tardia, um amor que vence barreiras

(Por Claudia Corbett) São muitos os verbos, com o mesmo significado, conjugados por famílias que optam pela adoção tardia. Mais do que adotar, aceitam a...

Instagram