Mãe faz aniversário do filho em hospital e proporciona alegria a crianças com câncer

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO



Guilherme fez três anos na última terça-feira (9). Sua mãe, Naira Evangelista, decidiu comemorar a data de um jeito bem diferente: organizou uma festa no Hospital São Marcos, em Teresina (PI), junto com as crianças que estão em tratamento contra o câncer.

A comemoração ocorreu na brinquedoteca do hospital – espaço que pertence à rede feminina de combate ao câncer e é destinado ao lazer das crianças internadas.

Naira diz que a ideia de fazer a festa do filho no hospital surgiu do seu desejo de proporcionar alguns momentos de alegria para as crianças que enfrentam o tratamento de uma doença que maltrata tanto.

“Faço trabalhos voluntários e queria comemorar o aniversário do meu filho com as crianças de um orfanato de Teresina, no entanto, já tinha um evento marcado no dia e resolvi procurar outra instituição quando decidimos que a festa seria em um hospital que cuidasse de crianças com câncer. Queria que elas esquecessem da dor e voltassem a ser apenas crianças”, afirmou.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Mãe faz festa de 3 anos para filho em hospital do câncer em Teresina (PI)

Uma banda foi convidada para animar a criançada com muita música e atividades recreativas. De acordo com Naira, Guilherme interagiu com todas os meninos e meninas. Para ela, o fato das crianças não se conhecerem não foi empecilho para a interação e diversão.

Meu filho aproveitou bastante. Achei lindo, ele brincando com as crianças do hospital. Ele estava radiante e acredito que os convidados também porque a rotina foi quebrada. Estavam sendo apenas crianças. Os pais que também participaram tinham um semblante mais leve”, declarou.

Leia também:

A ideia foi muito louvada pela direção do hospital. Eventos como esse contribuem – e muito – para elevar a autoestima das crianças sob tratamento oncológico.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Mãe faz festa de 3 anos para filho em hospital do câncer em Teresina (PI)

Segundo a direção do hospital, muitas crianças moram no hospital porque não podem deixar a unidade de saúde devido ao tratamento. Por isso mesmo, a festa foi realizada na brinquedoteca.

“A maioria dessas crianças em tratamento oncológico está em vulnerabilidade social e ter um momento de festividade proporciona, nem que seja por poucas horas, uma alegria muito grande. Os pacientes esquecem os problemas, as dificuldades e focam na alegria de ser criança“, informou a assessoria do hospital.

Você conhece o VOAA? VOAA significa vaquinha online com amor e afeto. E é do Razões! Se existe uma história triste, lutamos para transformar em final feliz. Acesse e nos ajude a mudar histórias.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Fonte: G1/Fotos: Gilcilene Araújo/G1

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,025,488FãsCurtir
2,191,217SeguidoresSeguir
11,870SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Brasileira voluntária da 2ª Guerra Mundial é hoje voluntária na luta contra o Coronavírus

A dona Blandina era adolescente quando confeccionou luvas para os soldados brasileiros da FEB (Força Expedicionária Brasileira) que lutaram na 2ª Guerra Mundial. Lá se...

Batismo de bebê conta com bençãos de familiares católicos, espíritas, evangélicos e umbandistas

Quando completou três meses de vida, o pequeno Iago recebeu as bençãos de sua família, cada qual à sua maneira: uma avó é católica,...

Com 4 filhos pequenos, dona de casa abandonada por marido recebe apoio de internautas

A jovem mamãe Andreza Santos Araújo, 23 anos, mora e cria sozinha seus quatro filhos pequenos em Várzea Grande, Mato Grosso. Desde que o...

Em vídeo fofo, filho com paralisia cerebral conta para pai que está apaixonado. Veja!

Ai, socorrooo! O Biel tá apaixonado, esse sorriso não engana ninguém! 😍 Biel tem paralisia cerebral e ama um triatlo! Ele e o pai, o...

Jovens antecipam casamento após saber que um deles tem apenas 5 meses de vida

Se você, assim como eu, se acabou de chorar vendo "Um amor para recordar" lá em 2002, se prepare: essa história é real, e...

Instagram