Mãe e filha comemoram a construção de casa utilizando 5 mil garrafas de vidro recolhidas do lixo

Edna e Gabrielly, mãe e filha, trabalharam muito nos últimos seis meses para realizar um grande sonho: ter uma casa. Só que em vez dos materiais convencionais, as duas utilizaram cerca de 5 mil garrafas de vidro, recolhidas dos mares e mangues da Ilha de Itamaracá, em Pernambuco, onde elas vivem.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

mãe e filha constroem casa de vidro
Foto: reprodução

Reciclagem

Edna e Gabrielly saíram de Curitiba (PR) há dois anos para viver na Praia do Sossego, que fica na Ilha de Itamaracá (PE).

As duas sempre viam garrafas de vidro descartadas nas praias, poluindo a região. Como Edna trabalhou por mais de 18 anos em uma cooperativa de materiais recicláveis, resolveu começar a recolhê-las para reciclagem.

Com mais de 5 mil garrafas recolhidas, mãe e filha tiveram a iniciativa de utilizar o vidro como matéria-prima para a casa que elas tanto desejavam.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

mãe e filha constroem casa de vidro
Foto: reprodução

Construção

Juntas, mãe e filha, levaram seis meses para levantar toda a casa. Com 8 horas de trabalho por dia, Gabrielly conta que foi preciso muito apoio para não desistir. “Foi um momento de muita troca, sabe? Que a gente colocou toda nossa disposição nisso. Porque foi logo no início da pandemia e a gente precisava fazer isso acontecer”, diz a filha.

Edna explica que o problema do lixo nas praias e nos mangues da ilha é algo que sempre a incomodou. “A garrafa de vidro, você joga ali no solo, ela é infinita, ela não se decompõe. E a necessidade de ter uma residência, de estar morando em Itamaracá, ter esse problema forte com o lixo aqui. A gente tentando resolver esse problema com o lixo surgiu a ideia de construir minha casa de garrafa, para dialogar com a sociedade que isso não é lixo”, explica a mãe.

mãe e filha constroem casa de vidro
Foto: reprodução

A construção começou em maio e Edna e Gabrielly não tinham experiência com construção. Tudo o que elas conseguiram fazer foi pesquisando e testando por conta própria. E assim, com 4.298 garrafas de vidro – até o momento -, transformaram o que parecia lixo em lar.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Primeiro elas limparam cada uma das garrafas para terem a certeza que não haveria resíduos que comprometessem a construção. Depois elas começaram a levantar as paredes. “Em um primeiro momento a gente fez blocos de garrafas. A gente pegava de quatro a seis garrafas, fazia o bloco, colava com argamassa. Depois vinha e encaixava como se tivesse colocando um tijolo. Assim a gente foi levantando, passo a passo, as paredes da nossa casa”, diz Edna.

Casa de Sal

Gabrielly e Edna batizaram o novo lar de ‘Casa de Sal‘ e defendem a ideia como uma “reivindicação por moradia e ecologia popular“.

A casa está quase toda construída e as duas já estão vivendo no local. Elas comemoraram a vitória e, para Gabrielly, a casa é um “propósito de transformação social que vem para dialogar com a sociedade formas de ressignificar, solucionar e debater toda nossa lógica de descarte“.

mãe e filha constroem casa de vidro
Foto: Instagram

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Gabrielly ainda ressalta que a construção tem uma visão de como poderão ser as casas no futuro. “Eu tento afirmar que isso aqui é afrofuturismo, é uma visão de futuro”, exalta a jovem.

Fonte: Jornal Garopaba

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM









Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,917,765SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Projeto estimula consciência social em estudantes universitários através de provas solidárias

A vida universitária não se resume a estudos, baladas e curtição. Pelo menos não deveria, afinal, os estudantes podem aproveitar esse momento incrível nas...

Após meses de luta contra ressecamento, mãe consegue amamentar filhas e agradece: ‘É um privilégio’

Para a atriz e cantora Marcella Fogaça, mãe das pequenas Sophia e Pietra, de 4 meses, não há nada mais 'divinamente humano' do que...

Venus Podcast e Vicente do Razões relembram história inspiradora do Matheus Motoboy

Na última quinta-feira (18/06), o Vicente, fundador do Razões para Acreditar, foi convidado pelas maravilhosas Criss Paiva e Yasmin Ali Yassine para se aventurar...

Comissária de bordo acalma bebê que chorava durante voo e o faz dormir em seu colo [VIDEO]

Profissionais apaixonados pela profissão e bem preparados para exercer o seu papel, sempre o fazem com amor e excelência! ❤️ No último sábado (26), o...

Mineirão e Dahw Brasil doam R$ 240 mil ao Hospital da Baleia em BH

O Estádio do Mineirão e a Dahw Brasil doaram R$ 240 mil ao Hospital da Baleia, em Belo Horizonte, destinados à compra de equipamentos...

Instagram

Mãe e filha comemoram a construção de casa utilizando 5 mil garrafas de vidro recolhidas do lixo 3