Mãe reencontra filha de 10 anos separada dela na fronteira EUA-México após quatro anos

O tamanho do abraço é o mesmo da saudade: após quatro anos, Maria Chic, 32 anos, pôde reencontrar a filha Adeilaida Chic, de 10 anos.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Mãe e filha foram separadas em 2017 na fronteira entre os Estados Unidos e o México, por cruzar em ilegalmente a área limitadora entre os dois países.

Após anos de espera, elas puderam dar o abraço que estava guardado durante todo esse tempo. Maria conseguiu autorização para cruzar a fronteira novamente e encontrou a filha em um aeroporto na Flórida, na região sul dos EUA.

Famílias separadas

Há cerca de quatro anos, Maria cruzou a fronteira com a filha Adeilaida e a irmã Patrícia. Pouco depois, no entanto, elas foram detidas por um agente da Patrulha da Fronteira dos Estados Unidos.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Maria diz que “sempre se recorda” do momento em que um agente puxou a filha pela camisa e disse que elas deveriam ir antes de se abraçarem.

Naquele mesmo dia, Adelaida acabou sendo transferida do centro de detenção da Alfândega e Proteção de Fronteiras dos EUA (CBP) para um abrigo em Nova York.

Já a mãe da menina ficou detida por sete meses no Centro de Detenção Eloy em Eloy, Arizona, e depois a deportou junto com a irmã para a Guatemala, de onde são.

Reencontro

Dias antes de ser deportada, Maria fez uma emocionante videochamada com a filha, em tom de despedida. “Ela me perguntava: ’mamãe, por que me deixou aqui?’”, questionou a pequena. 😭

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Felizmente, pouco tempo depois, outra tia de Adelaida, que já vivia nos EUA, conseguiu a guarda da garota e cuidou dela durante esses quatro anos. Após duas tentativas de cruzar a fronteira novamente, Maria conseguiu autorização e pôde ir ao encontro de Adelaida.

O reencontro ocorreu em um aeroporto da Flórida e agora seguirão juntas, nos Estados Unidos, com a documentação legalizada.

Tudo foi possível graças à Força-Tarefa de Reunificação Familiar, que identificou 3.913 crianças vivendo separadas das famílias. Todas serão identificadas e reunidas.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer mais uma história inspiradora? Confira!

Fonte: Daily Mail
Fotos: Telemundo Noticias

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,646,211SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Como vivem as mulheres na Islândia, o país mais igualitário do mundo

Quando você pensa em um país mais igualitário do mundo, você imagina em quais aspectos? A jornalista freelancer brasileira, Beatriz Portugal, vive nessa ilha no topo do Atlântico...

Vídeo mostra homem em coma se levantando e beijando a mulher!

Essa história é digna de um filme! Jonathan Grantm, um oficial da Marinha dos EUA, estava em coma e tinha apenas 10% de chances...

Jovem de 17 anos coordena projeto que produzirá bioabsorventes para detentas

Giullia Jaques Caldeira, uma carioca de 17 anos, está coordenando um projeto para produção de bioabsorventes para detentas do sistema carcerário brasileiro.

Gêmeos americanos ligam para o pai para dizer que são gays e a reação dele foi sensacional

É um momento difícil e ao mesmo tempo libertador, mas os gêmeos Austin e Aaron Rhodes – conhecidos como The Rhodes Twins Bros  por seu...

Neurociência descobriu o que o budismo já sabe há anos: não existe um “você” aí dentro

Um pesquisador no Canadá  resolveu utilizar a neurociência para estudar a crença budista da “anatta”, mais conhecida como "não eu". Este conceito da neurociência baseia-se no...

Instagram