Mãe de autista arrecada quase R$ 200 mil para zelador de escola que ajudou na adaptação do filho

O zelador Raymond Brown, que trabalha na escola White Oak Elementary, na Carolina do Norte (EUA), sempre tratou os alunos do colégio com muita atenção e carinho. Adorado por todos, o funcionário consegue fazer os estudantes se sentirem em casa.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Este tratamento único do senhor Brown foi essencial para a adaptação de Amos Wood, que chegou à escola com apenas 3 anos. O menino, que é autista, encontrou no zelador um verdadeiro porto seguro longe dos braços da família.

Quatro anos após o início da relação de Amos com o senhor Brown, a mãe do menino, Adrian Wood, viu o tão querido zelador perder uma competição que elegeria o funcionário de escola mais amado da Carolina do Norte.

Zelador abraçado por crianças
Senhor Brown é adorado por todas as crianças da escola. Foto: reprodução/Positive Outlooks

Motivação

Apesar de todos os votos que Brown ganhou, ainda assim não foi o suficiente para levar a eleição, que tinha como prêmio um cheque de US$ 10 mil (R$ 56 mil).

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Eu fiquei com o coração partido. Eu chorei e eu não costumo chorar com competições. Mas essa disputa não era minha, era do senhor Brown”, contou Adrian ao canal americano NBC.

Prontamente, a mãe do jovem Amos reuniu a comunidade escolar e fez uma vaquinha para o bondoso senhor. Todos daquela região sabiam da importância do zelador para as crianças nos últimos 15 anos.

A campanha não só conseguiu arrecadar os US$ 10 mil equivalentes da premiação do concurso, como superou o valor e chegou aos US$ 35 mil (R$ 200 mil).

Homem recebendo cheque gigante
Senhor Brown mal podia acreditar quando recebeu o cheque surpresa! Foto: reprodução/Positive Outlooks

Prêmio mais do que merecido!

A filha do senhor Brown mandou o pai se arrumar para as fotos comemorativas de 38 anos de casamento. O que para o zelador era uma simples tarde com a esposa e família, virou na verdade uma “armadilha” para a entrega do cheque de US$ 35 mil.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Eu fui pego de surpresa ao ver todas estas pessoas gritando e dizendo ‘senhor Brown, parabéns’. Foi bonito e difícil de explicar, mas eu sei que essa comunidade ama o senhor Brown”, comentou o zelador.

Com o dinheiro no bolso, senhor Brown já falou que deve usar para viajar, mas também já sabe que a esposa deseja fazer umas reforminhas em casa. Eita, senhor Brown, vai ter como escapar não! 😂

“O que parte meu coração ao estar na escola é que algumas crianças dizem: ‘senhor Brown, eu queria que você fosse meu pai, eu queria que você fosse meu avô’, e isso faz com que eu os ame ainda mais”, concluiu o senhor Brown.


Quer conhecer mais histórias inspiradoras? Dá o play!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,518,910SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Após viralizar por vender biscoitos para pagar funeral do pai, garota de 9 anos ganha R$ 260 mil em doações

A Kaylei Miller tem apenas 9 anos, mas resolveu ajudar a família vendendo biscoitos para conseguir pagar algumas despesas, após o falecimento do seu...

Sem pacientes, as luzes dos hospitais de campanha da Espanha se apagam

A Espanha, segundo país mais afetado no mundo pela Covid-19, tem muito o que comemorar. O país está vencendo a doença após dois meses...

Jovem com Mucopolissacaridose ganha vida nova com tratamento adequado e mostra que pode ser feliz com a sua condição

“Graças a Deus e ao tratamento, me sinto bem e gosto de sair, ir em shows, na praia”, diz a cearense Francisca Danielle, de...

Novo modelo de tijolo funciona como isolamento acústico e dissipador de calor

Os arquitetos colombianos Miguel Niño e Johanna Navarro, do escritório de arquitetura  Sumart Diseño y Arquitectura SAS desenvolveram o BT (Bloque Termo dissipador), desenvolveram um tijolo de...

Jovem invade casa em chamas para salvar sobrinha de 8 anos: ‘faria de novo, mesmo se eu morresse’

Derrick Byrd não gosta da alcunha de "herói", mas se não fosse por ele, sua sobrinha, uma menininha de 8 anos, teria sucumbido ao...

Instagram