Mãe realiza pedágio para venda de bonecas da filha com síndrome rara e ninguém aparece

Para custear o tratamento da filha Rillari, 6 anos, a dona de casa Valéria Fehlberg da Silva produziu 200 bonecas de pano para um pedágio beneficente que aconteceria em fevereiro na Praia de Camburi, em Vitória (ES).

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Mas, infelizmente, quando chegou ao local, nenhum dos voluntários que se propuseram a realizar o pedágio compareceu. Ela teve um prejuízo grande, voltando para casa com todas as bonecas. 😢

A Rillari é a quarta filha da Valéria. A menina nasceu com síndrome de trissomia do cromossomo 18, conhecida também como Síndrome de Edwards. Sua expectativa de vida era baixíssima.

bonecas de pano feitas por mãe com filha de síndrome rara
Foto: Arquivo Pessoal

“Acredito que teve uma falha de comunicação entre eles. Produzi o dobro que produzo por mês, a intenção era vender as 200 bonecas para comprar um respirador mecânico para minha filha”, contou sobre o ocorrido.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Valéria explicou que conforme surgem as necessidades, ela aumenta a produção das bonecas que são vendidas por R$ 10 cada e batizadas com o nome da própria filhinha.

Hoje, a prioridade dela para o tratamento da filha são o respirador mecânico, que custa até R$ 12 mil, e uma cadeira adaptada para o dia a dia, que custa até R$ 3 mil, além de outros custos com fraldas, remédios e consultas médicas.

Para ajudá-la a suprir essas necessidades, lançamos a sua vaquinha na VOAA. Clique aqui e contribua.

filha com síndrome rara com as bonecas de pano feitas pela mãe
Foto: Arquivo Pessoal

“Os médicos disseram que ela não viveria por muito tempo”

Desde 2017, Valéria vende bonecas de pano que ela mesma faz para custear o tratamento da filha, em torno de R$ 3 mil mensais. Ela conta com a ajuda do marido, que trabalha como jardineiro, e do Benefício da Prestação Continuada (BPC) da LOAS (Lei Orgânica da Assistência Social) da filha.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

No começo, para ajudar uma amiga artesã, ela revendia as bonecas de pano. Com o tempo, foi aprendendo e hoje, ela mesma produz.

mãe eque faz bonecas de pano com a filha com síndrome rara
Foto: Arquivo Pessoal

Vamos mudar o final dessa história? Clique aqui e contribua.

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,635,437SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Polícia do Paraná desmonta “rinha” de pitbull no interior de São Paulo

Os cães que sobreviveram receberão todo o atendimento médico necessário e, depois de castrados e adestrados, irão para a adoção.

Canadá quer receber mais de 1 milhão de novos imigrantes nos próximos três anos

Lembra quando você disse a si mesmo/a que queria se mudar para o Canadá? Bom, agora é um bom momento para começar a arrumar...

Após ser flagrado fazendo entregas em cadeira de rodas adaptada, jovem recebe apoio de internautas

O jovem entregador Robério da Silva, de apenas 28 anos, foi flagrado fazendo entregas em uma cadeira de rodas adaptada na Avenida Silas Munguba,...

Médica “receita” estojo de maquiagem para menininha de 3 anos no Tocantins

Quando profissionais, independente da área que atuam, mostram humanidade em suas atitudes é sempre algo que nos acalenta saber. Seja porque precisamos ver exemplos...

Projeto promove mutirão da beleza para mulheres usuárias de drogas na Cracolândia

A iniciativa oferece um dia de beleza completo para mulheres usuárias de drogas que vivem na região da Cracolândia. O objetivo é interromper o consumo de drogas dessas mulheres, mesmo que temporariamente, e, claro, melhorar sua autoestima.

Instagram