Mãe que trabalhava 12 horas por dia vendendo peixe forma o filho em Medicina

Por mais de 20 anos, Nenita Ronquillo chegava a trabalhar 12 horas por dia vendendo peixe num mercado em Manila, nas Filipinas. Por que trabalhar tanto? O objetivo desta mãe sempre foi dar a melhor educação ao filho, pois apenas através dos estudos ele teria um futuro diferente do seu.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Nenita começava a vender peixe às 5h e só fechava sua barraca tarde da noite. Mesmo assim, ganhava pouco menos US$ 20 por dia. Por isso, era forçada a trabalhar enquanto conseguisse se manter de pé.

mulher vendendo peixe mercado filipinas
Foto: reprodução/YouTube GMA

Vendo todo o sacrifício da mãe para que pudesse alcançar grandes coisas, Nico cumpriu o desejo de Nenita e se tornou médico. Mas a verdade é que Nico aprendeu desde cedo a honrar o esforço da mãe, vendo-a criar um filho sozinha, após ter se separado de seu pai por conta de uma traição.

Foto: reprodução/Facebook Nenita Ronquillo

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Foto: reprodução/Facebook Nenita Ronquillo

Orgulho de mãe

Apesar disso, Nenita nunca desistiu do filho, movendo céus e terras para investir em sua educação. Mas, de fato, não foi fácil! Por várias vezes, Nico deixava de ir à escola, porque a mãe não tinha dinheiro para pagar seus estudos.

Felizmente, todo seu esforço valeu a pena e agora essa mãezona não poderia estar mais realizada! Cada gota de suor foi recompensada: o orgulho do filho médico é ainda maior por Nico trabalhar na linha de frente do combate ao novo coronavírus. Comemore muito, Nenita! Você merece 👏

Fonte: O Segredo

Assim como Nenita, Dulcilene é uma mãe solo, que precisou rifar o tablet do filho autista para comprar comida, após o pai da criança deixá-los sozinhos no mundo. Criamos uma vaquinha na VOAA para ela poder pagar o tratamento do filho e custear despesas básicas. Clique aqui e contribua!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO


Amor de vó é amor de mãe duas vezes! Dá o play e emocione-se em dobro!

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM




Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,864,101SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Biblioteca itinerante circula interior de SP levando cultura e diversão para crianças

Um casal de artistas de Piracicaba, no interior de São Paulo, leva cultura e diversão para crianças a bordo de uma Kombi que é...

Menina pede penteado igual ao de Taís Araújo para ir à escola e mãe comemora

Antes de ir para a escola, Jasmine, 3 anos, fez um pedido para a mãe: queria um penteado igual ao da "moça da novela",...

Soldado americana adota cão durante missão no exterior e agora pede ajuda para levá-lo aos EUA

Não tem hora e nem lugar para encontrar o cãozinho da nossa vida e a Char nos mostra isso. Ela é uma soldado americana...

Famílias voluntárias substituem abrigos e acolhem crianças abandonadas temporariamente

Pioneiro no Estado do Rio, o programa Família Acolhedora, lançado em 2010, conta com 21 famílias aptas para acolher crianças de 0 a 11 anos em vulnerabilidade.

Menina de 4 anos ensina sobre respeito com toda sua doçura em música

Não pode odiar o amiguinho que pensa diferente, né, Mariane?

Instagram