Mãe viaja 65 km todos os dias para ajudar filha com paralisia a frequentar aulas de Farmácia em MG

Já faz mais de dois anos que Flávia Emanuely Borges Dutra, aluna do 5º período do curso de Farmácia da Universidade de Uberaba (Uniube) e sua mãe, Roselene Borges da Cunha, viajam 150 km (ida e volta) de ônibus de Sacramento a Uberaba, todos os dias.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Flávia, 27 anos, nasceu com paralisia cerebral, e por isso é assistida no dia a dia por sua genitora, que a espera do lado de fora da sala, sentada em um banco, até o encerramento das aulas.

O nosso sonho é o mesmo”, diz Flávia, exaltando a ajuda da mãe para conseguir realizar o sonho da graduação em Famárcia na universidade mineira.

Mãe viaja 65 km todos os dias para ajudar filha com paralisia a frequentar aulas de Farmácia em MG 2
Foto: Uniube / Divulgação

Em casa, para que a universitária possa estudar e fazer os trabalhos, Roselene também cuida da neta de 4 anos, filha de Flávia, que é casada. “Se não fosse essa rede de apoio, eu não conseguiria me dedicar tanto ao estudo igual eu consigo”.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Ela está pronta para o que der e vier. Ela me acompanha sem pestanejar, sem reclamar. Tudo o que ela faz por mim e todo o amor que ela dá para mim assim é uma coisa de quem não quer nada em troca”, complementou Flávia, emocionada.

Ela foi diagnosticada com paralisia cerebral com apenas 1 ano de idade. Hoje, a condição é considerada leve, já que não há dificuldades na parte cognitiva, nem na fala ou na audição. “É só física, graças a Deus. E eu preciso de uma pessoa para me ajudar a me locomover de um lugar para o outro”.

Ao portal da Uniube, Roselene enalteceu as qualidades de Flávia e se diz feliz por vê-la realizando seus sonhos.

Como uma pessoa religiosa e muito apegada à sua fé, todos os dias ela se põe em orações para que os filhos se sintam felizes e estejam sempre seguros.

“Apesar de todas as dificuldades que já enfrentamos, nunca desistimos. Sempre falo para ela nunca desistir, correr atrás dos sonhos dela. Ela é capaz de qualquer coisa, tem capacidade para tudo, nada a impede, se ela quiser. É uma menina inteligente, e eu fico muito feliz de ver cada passo que ela dá, de vê-la realizando os sonhos dela”.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Mãe viaja 65 km todos os dias para ajudar filha com paralisia a frequentar aulas de Farmácia em MG 3
Foto: Uniube / Divulgação

“O amor de mãe é o sentimento mais lindo, mais profundo e mais sincero que existe, porque mãe fica feliz quando o filho está feliz, mãe fica triste quando o filho está triste, mãe sofre quando o filho sofre”, afirma Roselene.

“Eu tenho dois filhos que eu amo de paixão. Se eu pudesse, eu daria o mundo para eles, mas a gente nunca pode dar tudo, nem sempre pode estar junto, nem sempre pode proteger. O que a gente pode fazer é sempre rezar. Eu entrego meus filhos nas mãos de Nossa Senhora Aparecida, na mão de Deus, sempre rezo para eles estarem felizes e seguros”, completou.

Xô, zona de conforto

Se tivesse que escolher o principal ensinamento de sua mãe, Flávia conta que seria o repúdio à zona de conforto. “A gente tem que buscar o melhor. Deus nos dá as condições e a gente tem que remar e ir à luta com o que Deus dá para a gente”.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“A gente segura uma na mão da outra e fala: aqui está o nosso futuro, aqui está a nossa chance de mudar de vida, mudar a nossa realidade. A gente vai até o fim, a gente vai passar por tudo que tiver que passar juntas. Ela é a minha base. Ela é tudo”, concluiu a universitária.

Fonte: Uniube
Foto de capa: Uniube / Divulgação

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM









Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,917,765SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Metrô de SP paralisa duas estações para salvar cadelinha presa em via e boa ação comove a web

O Metrô de São Paulo parou! Não foi por nenhum problema técnico, mas para salvar uma cadelinha que estava presa na via. Por alguns minutos,...

Personal é surpreendido por aluna dançando de muleta e se emociona com sua história; veja vídeo

Personal se emociona ao descobrir a história da aluna e pede ajuda para realizar sonho dela.

Mulher acolhe cadela desnutrida resgatada em terreno baldio de Londrina (PR)

A paranaense Adriana Sandreschi, de Londrina, no norte do estado, nunca vai esquecer do dia que encontraram sua cadela Sofie abandonada em um terreno...

Atitude é tudo.

Não precisa falar nada, apenas assistam.

Skatista cego supera seus limites todos os dias!

Nesse vídeo somos surpreendidos com a história de Tommy Carroll, que anda de skate desde os 10 anos, e ficou cego desde que tinha...

Instagram

Mãe viaja 65 km todos os dias para ajudar filha com paralisia a frequentar aulas de Farmácia em MG 5