Mãe volta a estudar e se matricula na mesma sala que o filho para ajudá-lo nos estudos

Mais de 15 anos após precisar interromper os estudos por conta de uma gravidez, Dayana Mamer, 31 anos, resolveu voltar à sala de aula para incentivar o filho a permanecer na escola.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Mãe e filho frequentam a Escola Municipal Raul Rocha do Amaral, em São Vicente (SP), e fazem parte do projeto Educação de Jovens e Adultos (EJA). Eles estudam na mesma sala de aula.

Dayana voltou a estudar em 2018 para ajudar o filho, Luiz Henrique Vasconcelos, 15 anos, que estava tendo muitas dificuldades de aprendizado. “No 7º ano ele [filho] repetiu. A família achou que era melhor ele mudar de escola e ele acabou indo morar um ano com a minha tia, mas novamente ele repetiu essa série”, relembra.

mãe volta a estudar mesma sala filho

“Foi então que vi que na escola tinha o EJA, então pensei que poderia voltar a estudar com ele. Esperei ele completar 15 anos e nós nos matriculamos juntos, na mesma sala. Não queria que ele fizesse o mesmo que eu, de abandonar os estudos. Desejo um futuro diferente ao meu filho“, destaca.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A autônoma interrompeu os estudos na 7ª série ao descobrir que estava grávida – ela tinha 14 anos. “Perdi minha juventude. Acabei tentando voltar a estudar de novo, mas não consegui e desisti na época”, diz.

mãe volta a estudar mesma sala filho

“O boletim dele não tem nota menor do que oito”

Tudo que ela deseja hoje é recuperar o tempo perdido e garantir ao filho um futuro diferente.

“Por incrível que pareça, está dando super certo. O boletim dele não tem nota menor do que oito. Um ajuda o outro e isso eu acho muito legal. Tem matérias que ele gosta mais e tem mais facilidade, assim como tem outras que eu já me dou melhor, então nos apoiamos e trocamos conhecimento. Fazemos trabalhos, lições de casa, e estudamos para as provas juntos. A educação é muito importante e, se a mãe não estiver presente na vida escolar e social do filho, não vai para frente”, diz.

mãe volta a estudar mesma sala filho

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Dayana é só elogios para o progresso do filho na escola. A decisão de estudarem juntos trouxe aos dois uma experiência rica.

“A adolescência é uma fase muito difícil e é essencial que a mãe esteja acompanhando cada passo do filho. A educação é muito importante nas nossas vidas. Eu sei disso porque parei de estudar muito nova e me fez falta. Para mim, essa experiência de retornar a sala de aula é inexplicável. Parece que voltei 17 anos no tempo e estou ganhando uma nova oportunidade. Além disso, eu e o Luiz nos tornamos mais próximos e unidos depois de tudo isso. Melhorou o diálogo“, diz.

mãe volta a estudar mesma sala filho

Para o professor André Zeferino, que ajuda mãe e filho na escola, “o importante, no final das contas, é estudar”.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“É muito importante o aluno ter esse conhecimento diário e transformador. Pessoas que acreditam que não tem mais como estudar podem, sim, estudar. O EJA proporciona isso e elas jamais devem desistir. A educação é transformadora e pode garantir um futuro promissor”, finaliza.

E quem sabe Dayana e Luiz Henrique não entrem para a faculdade e conquistem o diploma juntos? Já contamos uma história assim no Razões, relembre aqui.

Compartilhe o post com seus amigos!

  • Siga o Razões no Instagram aqui.
  • Inscreva-se em nosso canal no Youtube aqui.
  • Curta o Razões no Facebook aqui.

Fonte: G1/Fotos: Divulgação/Prefeitura de São Vicente

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,780,571SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Falcão, do O Rappa, coloca cadeirante no palco durante o show!

Atitudes dizem muito do caráter de uma pessoa, confesso que ver o Falcão fazendo algo assim, proporcionando esse momento inesquecível pra esse cara, fez...

Barbie da Ava DuVernay, diretora de “Selma”, esgota em segundos

As bonecas revolucionaram tudo em 2015 e (ainda bem!) esse é um caminho sem volta. Em mais uma iniciativa simplesmente brilhante, a Mattel lançou uma edição...

Documentário mostra a realidade do movimento hippie atual no Brasil

Sonhos, arte, poesia, cooperação, liberdade, revolução, desapego, igualdade, luta. Sentimentos e ações que muitas vezes reprimimos em razão dos padrões sociais pré-estabelecidos, mas que...

Família inteira raspa a cabeça para apoiar menina com tumor ósseo raro

Para apoiar a pequena Sarah que está fazendo tratamento contra um câncer raríssimo, pai, mãe e irmão rasparam a cabeça, deixando a Sarinha mais à vontade e feliz!

Estudantes do Paraná criam sistema de baixo custo para evitar desperdício de água

De acordo com dados da Agência Nacional de Águas(ANA), antes de chegar às nossas torneiras, 37% da água tratada no Brasil é desperdiçada. Isso ocorre por...

Instagram