[VÍDEO] Mães de autistas nos ensinam sobre amor incondicional e desafios desse incrível ‘mundo azul’

Marcelina, Cinthya e Efigênia. Três mães que encaram diariamente os amores e as dores de ter um filho com Transtorno do Espectro Autista, o TEA.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Para as três, o cuidado e a atenção são representação maior do amor de uma mãe pelo seu filho. Inclusive, todas passaram pela VOAA para receberem um suporte no tratamento e criação dos filhos. 💙

A gente sabe que ainda há muito para entender sobre o autismo. Por isso, trouxemos essas três histórias de superação para ajudar outras mães ainda no processo.

mães de autistas

Marcelina e Davi

Marcelina recebeu o diagnóstico do Davi quando ele tinha 2 anos e 8 meses. Na época, a neurologista deu um laudo muito negativo para Davi.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Sai do consultório ao choro, sem saber o que era autismo”.

A médica contou que o garoto seria totalmente dependente da mãe e que, por isso, Marcelina tinha que abrir mão de trabalho, faculdade e diversos outros planos.

marcelina e davi

A profissional também disse que Davi nunca iria falar, já que o garotinho é autista não verbal (que tem dificuldades para fala).

Com tratamento, Davi já teve diversos avanços com o autismo. Há algumas semanas, Marcelina comemorou a ida do filho ao supermercado. E Davi ainda ajudou muito nas compras, hein? ❤️

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Efigênia e Julio

Efigênia soube que Julio era autista quando ele já tinha cinco anos.

Receber o diagnóstico de um filho autista, é entrar em um mundo novo. Você começa a perceber que o seu filho é diferente“.

O jovem tem autismo de grau severo e quando está em crise, precisa ficar amarrado. Efigênia já chegou a perder quase todos os móveis porque o filho quebrou tudo. 😔

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

E o diagnóstico tardio ainda prejudicou um pouco o acompanhamento médico do Julio. Efigênia conta que para o médico explicar o que era autismo, ele falou para ela ver o filme “Ray Man” com o Tom Cruise.

Então, pra mim o Julio ia ser um autista igual ao que o cinema me mostrou. Não tínhamos internet, não tínhamos mesmo uma fonte para pesquisar sobre o autismo”, relatou a mãe.

Cinthya e Rafa

Cinthya diz que ser mãe de autista é um aprendizado a cada dia. “Você aprende o amor incondicional, você aprende a paciência, você aprende a solidariedade“.

Além do autismo, o Rafa também tem má formação cerebral e sofre com as crises de epilepsia.

A Cinthya precisa manter sempre o acompanhamento do filho, que não é barato e nem muito acessível.

Ela recebeu, inclusive, o apoio de uma advogada, que se disponibilizou a buscar judicialmente o custeio do Canabidiol, um medicamento que o Rafa precisa tomar todos os meses e vem dos EUA.

A história da Cinthya viralizou, inclusive, depois que ela perdeu a mochila com os medicamentos do Rafa dentro.

Falta de tratamento

Todas as mães foram muito enfáticas quando o assunto é tratamento. Infelizmente, o sistema de saúde pública ainda não abraça totalmente as necessidade de crianças e adultos autistas.

Com isso, falta sempre acesso, medicamentos e acompanhamentos importantes e necessários para o paciente com TEA.

Todas as três mães acima passaram por uma vaquinha na VOAA. Todas com o mesmo propósito de arrecadar doações para custear o tratamento dos filhos.

Nós reunimos essas três grandes mulheres para conversar sobre cuidados, experiências e dificuldades em ter um filho autista.

Confira o bate-papo completos com essas super mães:

selo conteúdo original

 

[Nota da Redação]

Estamos com a campanha especial #PoderDoSomos com OMO contando histórias incríveis de projetos que transformam vidas! Confira o primeiro projeto selecionado anunciado pela Giovanna Ewbank:

 

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM






Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,970,136SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Jovem implanta chip no peito para guardar suas boas memórias de vida

Se o Tiago Mesquita, publicitário português, gosta de alguém, ou de algum filme, música ou até um momento, ele o guarda no coração, mas de...

Estudos confirmam: bicicletas vão ultrapassar quantidade de carros em Londres

Se você já é apaixonado por Londres, agora então vai ter certeza de que lá é seu lugar no mundo. Estudos da Transport for London indicam...

Menina defende colega filha de pais gays na escola

"Ela tem dois pais e ponto. Aceita!"

Policiais se comovem com homem que tentou furtar comida, pagam fiança e fazem compras para ele

Em meio a tantas notícias que vemos policiais sendo bastante desrespeitosos com os cidadãos, é importante também mostrar atos de gentileza e empatia como...

A incrível dança acrobática debaixo d’água de uma cadeirante

Qual é o seu limite? Essa incrível mulher mostrou que gosta de superar vários! Conheçam Sue Austin, ela é paraplégica, e quando ganhou uma cadeira...

Instagram