Mães polonesas estão deixando carrinhos de bebês para mães ucranianas que cruzam a fronteira

Uma foto que mostra carrinhos vazios alinhados em uma estação de trem na Polônia viralizou nas redes sociais nesta semana, virando um poderoso símbolo de solidariedade e amor materno às refugiadas ucranianas que chegam ao país com seus filhos.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O fotojornalista Francesco Malavolta capturou a imagem enquanto documentava a chegada de pessoas em busca de asilo na Polônia, a 13 quilômetros da fronteira com a Ucrânia.

Na foto, sete carrinhos de diferentes tamanhos estão alinhados em uma plataforma de trem na fronteira entre a Ucrânia e Przemysl, na Polônia.

Mães polonesas estão deixando carrinhos de bebês para mães ucranianas que cruzam a fronteira

Os carrinhos de bebê aliviariam as mães cujos braços estão cansados ​​de carregar seus filhos da Ucrânia para um lugar seguro. Suas viagens geralmente duram vários dias.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Os carrinhos foram trazidos por mães locais e associações de mulheres para mães ucranianas que chegam com bebês e crianças pequenas. Alguns deles estavam cheios de suprimentos, como cobertores e ursos de pelúcia para as mães e seus filhos.

La guerra è orrenda. Foto © F.Malavolta,

Publicado por Francesco Malavolta em Quarta-feira, 2 de março de 2022

Os carrinhos esperam ser reclamados por quem precisa deles, mostrando como as mães podem apoiar umas às outras durante este tempo difícil.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“As mulheres que chegaram deixaram seus carrinhos na Ucrânia para acelerar a viagem e porque muitas (as mulheres) estavam viajando sem maridos porque continuavam lutando”, disse o fotógrafo ao portal Today.

As mulheres foram forçadas a deixar seus pais, irmãos e outros membros da família do sexo masculino para trás porque o governo ucraniano proibiu homens de 18 a 60 anos de deixar o país atingido pela guerra.

Malavolta falou com uma das mulheres que deixou um carrinho na estação de trem.

“Falei com uma delas dizendo que estava feliz por ter deixado seu carrinho e algumas roupas na escola próxima por solidariedade com as pessoas que chegam da Ucrânia”, disse ele.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Malavolta disse que ficou impressionado com a ausência de pessoas no local.

“A dois metros de distância havia quilômetros de pessoas. Parecia surreal. Pensei nos dois… na solidariedade de quem trouxe os carrinhos e nas histórias dramáticas de mães fugindo da guerra”, disse.

Malavolta vem documentando o afluxo de refugiados nas fronteiras da Polônia, Eslováquia e Hungria há quase duas semanas.

“Há um forte sentimento de solidariedade”, disse ele. “Deve haver sempre e para todos, independentemente dos pontos de partida dos mais frágeis.”

Mães polonesas estão deixando carrinhos de bebês para mães ucranianas que cruzam a fronteira 2

Ele também capturou outra foto de carrinhos alinhados em Vyšné, Eslováquia, perto da fronteira com a Ucrânia.

“Depois da estação ferroviária de Przemyśl, na Polônia, também na fronteira entre a Eslováquia e a Ucrânia, os passageiros são trazidos para as mães forçadas a fugir da Ucrânia com seus bebês”, escreveu ele na legenda.

A Rússia iniciou sua invasão em 24 de fevereiro, e o governo polonês estima que mais de um milhão de refugiados entraram no país em 7 de março. Muitos deles fugiram junto com seus filhos, conseguindo carregar apenas alguns pertences preciosos.

Um centro de crise foi criado em Przemysl para permitir que as mães carreguem seus telefones, comam algo e planejem seu próximo passo.

Dopo la stazione ferroviaria di Przemyśl in Polonia, anche sul confine tra Slovacchia e Ucraina, vengono portati…

Publicado por Francesco Malavolta em Segunda-feira, 7 de março de 2022

Em Berlim, milhares de alemães apareceram na estação de trem para oferecer suas casas aos refugiados ucranianos que precisavam de um lugar para ficar.

No vídeo abaixo, uma mulher fala para a câmera, explicando que a estação de trem está cheia de pessoas que querem ajudar. Enquanto a câmera percorre a área, os moradores que procuram ajudar os refugiados podem ser vistos segurando cartazes manuscritos.

@thisorthatmort #ukraine #ukrainewar #ukrainetiktok2020 #ukraineinvasion #ukraine🇺🇦 #ukrainevsrussia #ukrainetiktok #ukraine2022 #berlin ♬ original sound – ThisOrThatMort

Na Romênia, as pessoas que montaram um acampamento de refugiados surpreenderam uma jovem ucraniana chamada Arina em seu sétimo aniversário.

Na filmagem abaixo, os voluntários podem ser ouvidos cantando “Parabéns” para ela. A menina foi então levada até uma tenda, onde tinha um bolo e ela apagou as velas enquanto uma pequena multidão a aplaudia.

Pessoas em todo o mundo também reservam acomodações do Airbnb na Ucrânia para canalizar dinheiro para cidadãos que precisam de ajuda financeira.

Essas histórias provam que a bondade sempre vem em primeiro lugar, especialmente durante uma guerra. Só podemos esperar ver o fim dessa crise sem sentido em breve!

Fonte: ABC News

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM




Mães polonesas estão deixando carrinhos de bebês para mães ucranianas que cruzam a fronteira 4

Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,971,659SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Ensaio em terreiro de Umbanda com pais grávidos celebra o amor pelo bebê e pede respeito

Natasha e Gabriel são praticantes da Umbanda, religião que mistura crenças e rituais africanos, indígenas e europeus, e, por isso, decidiram registrar a comemoração...

Capixabas levam alegria a crianças internadas em hospitais com ‘Batmóvel’

O professor de educação física Marcelo Moraes, 47 anos, é o mais novo Bruce Wayne de Cariacica (ES). Fantasiado de Batman, o educador físico...

No litoral de SP, quem recolher lixo da praia ganha aula grátis de stand up paddle

Na cidade de Santos, no litoral sul de São Paulo, recolher lixo da praia não faz bem, apenas, para o meio ambiente. Mas também para o corpo....

Filha descobre mudança de mãe trans e tem a melhor reação com sua nova aparência

Rachel Doese nasceu homem. Ela descobriu que era transexual com 6 anos, mas só iniciou a transição aos 28. Nesta idade, já era pai...

Motorista de aplicativo viraliza com cartaz explicando Síndrome de Tourette: ‘Viagens ficaram mais tranquilas’

Em um cartaz pregado no banco do copiloto, o motorista de aplicativo Antonio Luiz Gomes da Silva, 44, se apresenta aos passageiros: é casado,...

Instagram

Mães polonesas estão deixando carrinhos de bebês para mães ucranianas que cruzam a fronteira 5