Array

Malwee produz novo tipo de calça jeans usando apenas um copo de água

As calças jeans estão amplamente presentes em nossos armários, mas precisam de um processo de fabricação ainda muito poluente. Um elevado gasto de água para produção da peça sempre a colocou como rival do meio ambiente. Pensando nisso, a empresa Malwee introduziu em sua coleção uma calça que leva apenas um copo de água para ser produzida, 98% a menos que o jeans tradicional.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A tecnologia usada pela marca é importada da Espanha e se utiliza de lasers em partes do processo que antes eram necessários uso de água, como para a fabricação de puídos e rasgos na peça. Um software é usado para o desenho dos cortes e depois os lasers realizam com alta precisão estes efeitos.

Na parte de processo úmido das peças, a água foi substituída por ozônio para clarear o jeans e o amaciante, aplicado em peças comuns, passou a ser introduzido nas calças com uma nuvem de nanopartículas. A água usada no processo é tratada por uma máquina chamada H2Zero, como explicou Luiz Thiago de Freitas, de acordo com o site Ciclo Vivo.

“Essa água fica num circuito fechado e é reaproveitada na produção de novas peças. A reposição necessária é feita apenas pela perda em evaporação”.

Modelo em espelho d'água
Malwee reduziu o gasto de água em suas peças jeans em 98%. Foto: reprodução/Ciclo Vivo

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Investimentos de R$ 9 milhões

Para a produção deste novo tipo de calça jeans, a Malwee precisou investir R$ 9 milhões em todo o processo de desenvolvimento das peças. A tecnologia é inédita na América Latina e apenas outras quatro empresas em todo o mundo utilizam este processo, batizado de “Lavanderia 5.0”.

Segundo a Malwee, este novo processo economizou mais de 7,6 milhões de litros de água do meio ambiente na produção de 127 mil peças. Essa quantidade de água é suficiente para abastecer uma família de três pessoas durante 63 anos.

Modelo com calça jeans da Malwee sentada em frente a espelho d'água
Peças com pegada positiva para o meio ambiente terão preços similares a outros jeans da marca. Foto: reprodução/Ciclo Vivo

“Água é vida e sem esse recurso não há futuro. A indústria da moda precisa buscar alternativas para desenvolver produtos com menos impacto e, mais do que isso, buscar formas de conscientizar os consumidores para um novo jeito de vestir”, explica o gerente de marketing da Malwee, Guilherme Moreno.

Os modelos de jeans que usam apenas um copo de água para serem produzidos já estão disponíveis no mercado na mesma faixa de preço de outras calças da marca. As peças skinny feminina estão disponíveis dos números 34 a 48, enquanto a slim masculina pode ser encontrada nos tamanhos 36 a 48.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer conhecer mais iniciativas inspiradoras como essa? Dá o play!

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM




Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,839,934SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Mãe faz filho se desculpar e levar flores para coleguinha após empurrão

A mãe do pequeno Diogo, de apenas quatro anos, deu uma aula sobre como educar o filho para que ele não cresça e se...

Autônomo oferece serviços de pedreiro e eletricista gratuitamente em Osasco

Alexsandro realiza pequenos consertos gratuitamente: uma pia entupida, a fiação do chuveiro, e, dependendo da necessidade do “cliente”, até levanta uma parede.

Menino vende desenhos para ajudar irmão gêmeo autista

Esbanjando criatividade, Thiago, 9 anos, desenha à mão retratos de pessoas e até famosos que vê na TV e os vende para ajudar o...

Projeto revitaliza vila de pescadores com lindas pinturas e encanta moradores e turistas no Ceará

Uma iniciativa está levando mais cor a uma vila de pescadores na praia do Cumbuco, em Caucaia (CE). Artistas gráficos se reúnem em uma...

Quilombola de 18 anos conquista 1º lugar em Medicina na Universidade Federal do Sergipe

Williston Augusto, de apenas 18 anos, conseguiu superar as dificuldades de sua vida e trilhar um caminho de muitas conquistas, sendo aprovado em 1º...

Instagram