Estudante cria manual para avó de namorada mexer no WhatsApp

O WhatsApp é a rede social favorita dos pais e avós. Lá, eles trocam desde mensagens de bom dia a correntes religiosas. Mas ainda tem muita gente de fora dessa diversão. Era o caso da avó da namorada do estudante de direito Alexandre Drabecki, de Curitiba.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Não é mais porque ele criou um tutorial para a senhorinha de como “mexer no zap”. Alexandre postou o manual no Twitter, no último sábado (24), e a publicação viralizou: já são mais de 16 mil retuítes e mais de 78 mil curtidas.

Leia também: Neto ensina avô a mexer no Instagram e seu negócio decola!

Alexandre desenhou os ícones da rede social e explicou o significado de cada um em detalhes. Os comandos vão desde como abrir o aplicativo no celular até ouvir e gravar áudios.

As pessoas acharam muito fofa a iniciativa do estudante e logo começaram a pedir o manual em PDF para ensinar seus parentes mais velhos a mexerem no WhatsApp. Alexandre atendeu o pedido disponibilizando um link para baixar o material e imprimir em casa.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“A vó da minha mina ganhou um celular pela primeira vez e eu fiz um manual pra ela mexer no zap”, escreveu ele na legenda do tuíte.

Veja as imagens:

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

crédito das fotos: Reprodução/Twitter @aledrabe

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,643,961SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Conheça a primeira fábrica de massas artesanais do Brasil feitas por pessoas com síndrome de Down

Você já ouviu falar da Vaticana? Ela é a primeira fábrica de massas artesanais produzidas por pessoas com síndrome de Down no país. A iniciativa...

Todos os dias, duplinha se abraça quando chega na escolinha e nos ensina sobre amizade

A vontade de abraçar o amiguinho é tamanha que um corre em direção ao outro com os braços abertos.

Aos 86 anos, senhor tricota gorrinhos para bebês prematuros

Ele diz que gosta de usar seu tempo livre para ajudar os outros e que é uma forma de mantê-lo ocupado.

Projeto de consumo colaborativo faz brechó grátis em São Paulo

O “clothing swap”, ou troca de roupas, é um conceito de consumo colaborativo e uma tendência mundialmente conhecida e muito praticada na Europa, EUA...

Menino passa a tarde conversando com PM e ganha água, sanduíche e picolé

Amizade nunca teve idade certa para acontecer. É sintonia entre duas pessoas. E esse garotinho que o diga! No domingo das eleições do primeiro turno...

Instagram