“Boto minha mão no fogo pelo Razões”, afirma Alok em live do RPA. Confira como foi o papo!

O DJ Alok participou na última terça-feira (9) de uma live no Instagram do Razões para bater um papo sobre solidariedade e amor ao próximo. Durante a conversa, o também produtor musical afirmou que “botaria a mão no fogo” pelos trabalhos, tanto da VOAA – nossa plataforma de vaquinhas – quanto do Razões Para Acreditar.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Boto minha mão no fogo pelo Razões Para Acreditar, sacou? É o lugar que eu realmente acredito muito. Para quem quiser contribuir com cada história ali, você pode ter certeza que seu dinheiro está sendo convertido da melhor forma possível”, disse Alok em entrevista a Marcelo Martins, um dos nossos fundadores.

E se você pensa que os elogios do DJ pararam por aí, está muito enganado! Para Alok, o Razões Para Acreditar tem a página mais legal do Instagram!

“Eu conheci o Razões Para Acreditar esse ano, né? Mais a fundo por causa de todas as campanhas que vocês levantaram aí. Cara, é a página mais legal que existe na história do Instagram. O que vocês fazem é muito bonito mesmo. É muito legal!”

Confira abaixo a conversa bacana entre os dois!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Bem humorado, Alok, que enfrentou problemas de conexão no início da live, pediu para Marcelo abrir uma vaquinha na VOAA para uma internet melhor para o DJ. Acho que não vai rolar não, Alok. Foi mal! 🙃

Parceria pelo bem

O Instituto Alok e o Razões Para Acreditar iniciarão uma parceria para aumentar mais ainda nossa corrente de solidariedade. Segundo o DJ, uma das faces mais importantes do site é que o Razões expõe as dificuldades das pessoas, mas também aponta as possíveis soluções.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“A melhor forma de você passar a mensagem é dando o exemplo. […] Vocês não trazem só o problema, mas também a solução”.

Durante o papo, Alok também comentou que entende as pessoas que não confiam muito em artistas ou empresas que possuem braços institucionais, já que este também era um pensamento seu anos atrás. Entretanto, o DJ sentiu um chamado para o que classificou como “propósito maior” na Terra.

“Também não acreditava nessas paradas [de institutos]. Mas quando somos chamados, é uma missão. É uma questão que a gente sente, é difícil de explicar. É onde as coisas começam a fazer mais sentido. Então, o Instituto Alok vem exatamente para preencher esse meu vazio existencial em busca de um propósito maior aqui na Terra.”

União em tempos difíceis

Para Alok, a pandemia do novo coronavírus trouxe uma visão mais clara de solidariedade ao país, ao mesmo tempo em que tem aumentado a desigualdade de classes. De acordo com o DJ, é importante que todos que possam ajudar continuem fazendo sua parte.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Em 2020 a gente pode ver [a solidariedade] de forma mais clara até por tudo que aconteceu. Na pandemia, na quarentena, a desigualdade social ficou ainda mais evidente. O que eu acredito, assim, é que para gente que tem condição e para quem pode, a gente deve continuar ajudando, fazendo a nossa parte”, concluiu.


Por falar em amparar o próximo, entenda com o exemplo abaixo o quanto é importante promover boas ações!

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,425,269SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Menina de 1 ano leva a vovó para tomar banho de sol

Mais do que nos emocionar, Laurinha convida-nos a refletir...

A cidade de Sidney, na Austrália, agora é alimentada com energia 100% renovável

Os avanços tecnológicos ligados ao meio ambiente estão cada vez mais comuns. Nesta semana, a prefeitura de Sidney, na Austrália, trouxe pra gente um...

Rituais em hospitais celebram cada vitória de um paciente contra o câncer

Só quem luta diariamente contra alguma enfermidade sabe a sensação de vencer alguma etapa do tratamento. Celebrar essas vistórias está virando hábito e tradição em...

Estudante baiana será a única representante brasileira de Química na maior competição de educação do mundo

Daniela Carneiro foi selecionada para participar do WorldSkills Kazan 2019, na Rússia, e mostra como a educação vem transformando a sua vida.

Universitário de 92 anos se adapta à tecnologia e nos dá uma linda lição de resiliência e otimismo

Não existe idade certa para realizarmos nossos sonhos e o universitário Carlos Augusto Manço, que entrou na faculdade aos 90 anos, é um dos...

Instagram