Maratonista corre 42 km empurrando a mãe em cadeira de rodas e quebra recorde mundial; veja

0
110
maratonista corre prova empurrando a mãe em cadeira de rodas

O maratonista espanhol Eric Domingo Roldán bateu o recorde mundial ao completar uma prova empurrando sua mãe, Sílvia, que sofre de esclerose múltipla há mais de 17 anos, em uma cadeira de rodas.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Eric tentou cruzar a linha de chegada em 2020, mas não teve sucesso. 

“Achei que seria um bom desafio para mim e para minha mãe, porque ela enfrenta desafios desde criança e achei que ela adoraria”, explicou.

Promessa cumprida!

Determinado a alcançar sua meta, ele prometeu voltar em 2021 e, finalmente, concluiu os 42 km da Maratona de Zurique-Barcelona com 2 horas, 53 minutos e 28 segundos.

Antes da maratona, Eric havia arrecadado US$ 4 mil (pouco mais de R$ 20 mil) para uma instituição que financia pesquisas e avanços no tratamento da esclerose múltipla

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Mãe do maratonista estava se recuperando da Covid-19

A conquista do recorde mundial se tornou mais especial ainda porque Sílvia estava se recuperando de uma batalha contra a Covid-19.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Eric mostrou ao mundo que é possível superar qualquer obstáculo quando se tem determinação, força e amor pela família.

“Minha mãe teve covid19 em agosto e estava prestes a morrer. Mas graças à sua força, ela se recuperou. A motivação dela era cruzar outra linha de chegada, fazer mais uma maratona, em casa, com os amigos, com o seu povo, e fazendo história ”, destacou.

Veja o vídeo:

Quer mais uma história inspiradora? Dá o play!

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.