Marca de bijouteria utiliza cabos descartados

Aliando seu talento com criação de jóias e a vontade de fazer algo contra o desperdício de materiais, Billie Van Nieuwenhuyzen, de Ghent, na Bélgica, criou a Edelplast.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Recém-formada em design de objetos e joias, ela queria dar vida nova às coisas descartadas, como cabos.

Em sua coleção, ela transforma estes cabos supostamente inúteis em criativas bijuterias.

A marca existe desde 2015, e desde então reinventa e transforma resíduos eletrônicos (e-waste) em novas possibilidades.

Outra curiosidade é que cada peça é confeccionada a mão, fazendo o contraponto da produção em massa destes descartes que crescem cada vez mais no mundo.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Segundo explicação do site Follow the Colors, “para a manufatura das bijuterias, os materiais são prensados e fundidos, e, na sequência, passam por um processo de corte, técnica aplicada para criar um aspecto plano e entrelaçado nas peças”.

Confira abaixo fotos e como é o processo:

follow-the-colours-edelplast-acessorios-upcycling-cabos-reciclados-01

follow-the-colours-edelplast-acessorios-upcycling-cabos-reciclados-05

follow-the-colours-edelplast-billie-van-5

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Screen Shot 2016-08-12 at 10.19.37 AM

Screen Shot 2016-08-12 at 10.19.54 AM

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM




Marca de bijouteria utiliza cabos descartados 2

Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,981,416SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Mãe faz apelo nas redes sociais e recebe 157 camisetas iguais para a filha autista

A norte-americana Deborah Skouson é mãe de uma menina de 10 anos que tem autismo. Recentemente, ela publicou em seu Facebook uma foto da...

Namore alguém que te olhe como esse bebê olha para o seu filhotinho de cabra

Abraços deveriam ser os únicos apertos que deveríamos passar nessa vida! Nesse vídeo, um lindo bebê já descobriu como é bom esse ato de carinho e...

Museu da Empatia volta com projeto apaixonante de Biblioteca Humana

Ano passado falamos aqui da Biblioteca Humana, que surgiu nos anos 2000, em Copenhagen, na Dinamarca. Também já mostramos o apaixonante Museu da Empatia, que...

Mulheres mutiladas voltam a ter prazer sexual após cirurgia desenvolvida por médica americana

As três mulheres que fizeram a cirurgia relataram que tiveram uma melhora na relação sexual e diminuíram a vergonha que sentiam dos seus parceiros.

Garoto de 9 anos dá aulas em uma das melhores universidades da Ucrânia

Com apenas nove anos, ele frequenta também a escola regular e tira boas notas. Apesar de ele ter aprendido a falar somente com três...

Instagram

Marca de bijouteria utiliza cabos descartados 3