Marca slow fashion usa lonas e redes tirados do mar para criar coleção

Clique e ouça:

Foi lançado recentemente uma minicoleção slow fashion de roupas e acessórios feitos com materiais descartados no fundo mar.

Inspirado na parceria com a ONG Mar Limpo, que atua no litoral norte de São Paulo, o projeto aposta na lógica do consumo que não causa impactos no meio ambiente, conhecida no mundo da moda como “slow fashion”.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A minicoleção é assinada por Gabriele Meirelles, estilista e proprietária da marca “Santa Costura de Todos os Panos”. “Nossa ideia sempre foi maior do que apenas vender roupas. Queremos oferecer inovação e transparência de discurso com nossas peças, produzidas respeitando a mão de obra e pensando sempre no meio ambiente sem perder a identidade”, disse Gabriele.

Marca slow fashion usa lonas e redes tirados do mar para criar coleção
Foto: Nathalia Fassina

O fundador da ONG Mar Limpo, Luiz Carlos Mosso Cabral, o “Capitão Cabral”, conheceu o trabalho de Gabi através de um colaborador da organização, que era colega da estilista. “Fui procurá-la, então. E ela abraçou o projeto, ampliando-o com ideias muito legais, que realmente agregaram valor aos resíduos”, explica Cabral.

“Ao retirar estes resíduos, diminuímos o impacto ambiental e os transformamos em roupas e utensílios que, uma vez comercializados, geram recursos para que o Mar Limpo possa ampliar sua área de atuação e criar campanhas educativas junto à população de todo o litoral com ênfase nas escolas, bem como em ações com turistas”, observa.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Entre as peças criadas por Gabriele, estão pantacourts e blazers feitos a partir de lonas descartadas de barcos e bolsas que utilizam como matéria prima redes de pescas jogadas no fundo do mar e abandonadas nas areias.

Marca slow fashion usa lonas e redes tirados do mar para criar coleção2
Foto: Divulgação

Marca slow fashion usa lonas e redes tirados do mar para criar coleção3
Foto: Nathalia Fassina

“Além de adquirir uma peça única, a pessoa adquire uma história. Não reformamos as redes, por exemplo. Se alguma tem um furinho ou um nó, continua assim. É de uma beleza incrível”, define a estilista, que vai doar as peças piloto para a ONG. A minicoleção “Mar Limpo” foi lançada na última terça-feira (07/02), na loja da Santa em Campinas (SP).

Marca slow fashion usa lonas e redes tirados do mar para criar coleção4
Foto: Nathalia Fassina

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Leia também:

Alunos fazem emocionante surpresa para professor em último dia de aula

Menina vira melhor amiga de idoso e o cura da depressão

Ivete Sangalo compra todo algodão doce de vendedor e o convida para subir no trio

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Marca slow fashion usa lonas e redes tirados do mar para criar coleção5
Foto: Nathalia Fassina

Marca slow fashion usa lonas e redes tirados do mar para criar coleção6
Foto: Nathalia Fassina

Marca slow fashion usa lonas e redes tirados do mar para criar coleção7
Foto: Nathalia Fassina

Marca slow fashion usa lonas e redes tirados do mar para criar coleção8
Foto: Nathalia Fassina

Marca slow fashion usa lonas e redes tirados do mar para criar coleção9
Foto: Nathalia Fassina

Marca slow fashion usa lonas e redes tirados do mar para criar coleção10
Foto: Nathalia Fassina

Marca slow fashion usa lonas e redes tirados do mar para criar coleção11
Foto: Nathalia Fassina

Marca slow fashion usa lonas e redes tirados do mar para criar coleção12
Foto: Nathalia Fassina

 

Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,078,000FãsCurtir
2,422,376SeguidoresSeguir
20,669SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Confeiteira é humilhada por cobrar taxa de entrega de R$2 e recebe apoio de internautas

A confeiteira Ângela Oliveira foi humilhada por uma cliente que se recusou a pagar a taxa de entrega do seu bolo de pote. Na troca...

Sogro anda de mãos dadas com genro para ajudá-lo a superar medo de sair na rua com o namorado

Fran guarda algumas memórias ruins de um passado recente, quando ele sofreu preconceito por ser homossexual. O jovem foi agredido fisicamente, além de ter passado...

Homem raspa cabelo da namorada com alopecia, depois o seu também e ela não aguenta a emoção

Quando a gente escuta que amar não tem limites, a gente fala de gestos como o de Damien! Ele namora Eva Barilaro e, recentemente, os...

Vaquinha para motoboy humilhado bate mais de R$100 mil em menos de 24h

Todo mundo acordou ontem precisando engolir a seco a história do Matheus Pires, de Valinho (SP). Vivemos em um país onde ainda há muita indiferença...

Holanda bate recorde e é o primeiro país sem nenhum cão de rua abandonado

O governo holandês deu uma notícia inspiradora para todo o mundo. O país é o único a não ter cães de rua abandonados. Isso é...

Instagram

Marca slow fashion usa lonas e redes tirados do mar para criar coleção 13