Marceneiro constrói Fusca conversível de madeira e realiza antigo sonho

O marceneiro Luís Antônio dos Santos realizou seu sonho de longa data: construir do zero um Fusca conversível inteiramente feito de madeira. MA-DEI-RA!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Engana-se quem acha que o carro é de brinquedo ou em miniatura: ele tem motor, bancos, retrovisores, buzina e anda normalmente.

Segundo Luís, que vive em Santa Fé do Sul, no interior paulista, a ideia de construir o Fusca conversível nasceu há dez anos, fruto da vontade de unir a profissão e suas habilidades adquiridas como marceneiro.

Marceneiro Fusca conversível de madeira

Fusca conversível e 100% funcional

“Como sou marceneiro, pensei em fazer o carro. Então, fiz as contas e percebi que dava para tirar do papel. No começo, era para fazer uma carruagem, mas mudei de ideia e resolvi fazer um carro”, afirma.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Foram doze meses transformando as chapas de madeira em um carro conversível.

Luís utilizava o pouco tempo livre que tinha para avançar em algum ponto do carro. Sempre aos poucos, devagar e constante. O chassi usado no projeto veio de um Fusca que Luís ganhou de uma prima como pagamento por um serviço.

Marceneiro Fusca conversível de madeira

“É tudo de madeira maciça. Ainda faltam alguns detalhes, mas quando o vi quase pronto, achei muito legal. A maioria não acreditava. Aqueles que acreditavam não sabiam como seria feito. Ver alguma coisa que você inventou e fez, é muito bacana”, diz.

O Fusca ainda não saiu do sítio da família, logo, poucas pessoas sabem sobre ele. O marceneiro ainda está tentando regularizá-lo junto aos órgãos governamentais.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Os poucos que viram o carro afirmam que nunca tinha vistam visto algo parecido na vida.

Marceneiro Fusca conversível de madeira

“Ficou muito bom mesmo. Muito lindo. Eu mesma, nunca tinha visto. Nós vemos em miniatura, né? Agora em tamanho natural é difícil”, diz a vendedora Débora Fonseca de Oliveira.

Leia também: Engenheira capixaba instala motor elétrico em Fusca e deixa de usar gasolina

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A vendedora descreve-se como ‘surpresa’ ao vê-lo pela primeira vez – já as filhas de Luís afirmaram se sentir ‘orgulhosas’ pelo feito do pai.

Marceneiro Fusca conversível de madeira

“Olha o carro como está. O pessoal fica impressionado. Pergunta se ele realmente anda. É bem legal”, afirma uma das três filhas do marceneiro, Debora dos Santos.

Olha só que incrível!

Compartilhe o post com seus amigos!

  • Siga o Razões no Instagram aqui.
  • Inscreva-se em nosso canal no Youtube aqui.
  • Curta o Razões no Facebook aqui.
  • Envie sua história aqui.

Fonte: G1/Fotos: Reprodução/TV TEM

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,505,556SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Sem carro, protetor enfrenta longas distâncias a pé para alimentar e resgatar animais de rua (SP)

O protetor Adriano Lemos move céus e terras para dar assistência a cães de rua e de famílias pobres de Rio Claro (SP), mesmo...

Relato de um gesto de gentileza que ocorreu em Brasília

Vamos partilhar essa história que aconteceu com o Ebert Ferreira, abaixo o e-mail dele na íntegra: Olá, meu nome é Ebert Ferreira. Primeiramente, parabéns pelo site...

Voluntárias fazem ‘naninhas’ para amenizar o tratamento de crianças com câncer

As ‘naninhas’ ou travesseirinhos dão conforto e força para crianças que fazem tratamento contra o câncer e outras doenças crônicas.

Startup testa remédio digital para curar dores crônicas

Tratamento à base de luz trata 90% dos tipos de dores, inclusive as crônicas.

Jovem que trabalhou com o pai como pedreiro na pandemia é aprovado em Medicina na UFPA

O jovem Adailson Moura, 18 anos, foi aprovado no curso de Medicina da UFPA (Universidade Federal do Pará) e está um passo mais próximo...

Instagram