Marido apaixonado constrói réplica do Taj Mahal como prova de amor para sua esposa

Um empreendedor indiano construiu uma réplica quase perfeita do Taj Mahal, um suntuoso mausoléu na Índia classificado como uma das 7 maravilhas do mundo moderno, em homenagem à esposa e também como uma mensagem de paz ao seu país.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O Taj Mahal foi erguido no século XVII em Agra, no norte da Índia, e é um símbolo universal do amor eterno. Na época, o imperador Shah Jahan mandou construí-lo em memória de sua esposa favorita, Aryumand, a quem chamava de Mumtaz Mahal (“A joia do palácio”). Ela morreu após dar à luz o 14º filho, tendo o Taj sido construído sobre seu túmulo, junto ao rio Yamuna.

“Queremos enviar uma mensagem de paz e harmonia religiosa”, disse Anand Prakash Chouksey, o marido apaixonado. “Há muito ódio ao nosso redor”, continuou. “O amor resolve todos os problemas da vida e o Taj Mahal é um símbolo”.

A obra-prima arquitetônica descende da arte indo-islâmica, e é a principal atração turística do país asiático. Todo o mausoléu é incrustado com pedras semipreciosas, tais como o lápis-lazúli, e a cúpula é costurada com fios de ouro!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Sua réplica, que é um terço menor e está a 800 km da original, foi feita como uma prova de amor de Anand para sua esposa, com o máximo de luxo que ele pôde prover – apesar dela não ter pedido tanto.

O Taj Mahal “original”.

“Minha esposa só pediu uma sala de meditação. É uma mulher piedosa”, explicou. “Segundo ela, a cúpula possui uma atmosfera diferente e muita energia positiva”.

Foram 3 anos de trabalho, dezesseis a menos que o mausoléu que a inspirou.

De acordo com Anand, o edifício custou pouco mais de 15 milhões de rupias (R$ 1,1 milhão).

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Amor & Mármore

Localizado às margens do Rio Yamuna, o Taj Mahal resplandece como “uma lágrima pura e solitária (…) no rosto do tempo”, conforme escreve Rabindranath Tagore, Nobel indiano de Literatura.

“Usamos mármore de Makrana para construir o edifício”, o mesmo material em que o Taj Mahal foi projetado”, explicou Anand, que planeja erguer a bandeira indiana no topo da cúpula principal.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Para o futuro, ele pretende instalar os símbolos das religiões mais populares da Índia nos 4 minaretes construídos ao redor do palácio, que fica em Burhanpur, no centro do país.

“Naquela época, a estrutura do solo não permitia construir o Taj Mahal aqui, por isso foi construído em Agra”, onde Shah Jahan e Mumtaz descansam lado a lado, afirmou.

Assista ao vivo os ganhadores do Prêmio Razões para Acreditar, dia 07/12 às 18h! Ative as notificações clicando aqui.

Fonte: Estado de Minas
Fotos: Reprodução / Exame

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,256,096SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Pague suas multas de estacionamento doando comida para necessitados

Lexington, uma cidade de Kentucky, nos EUA, pode ter descoberto o impossível: fazer alguém se sentir bem ao levar multas de estacionamento. Durante cinco semanas...

Internautas se mobilizam para ajudar catador idoso que criou seu próprio pegador de latinhas para se proteger da Covid-19

Criatividade e necessidade andam lado a lado na vida de Erivaldo Calixto, 63 anos. O idoso, de Olinda (PE), inventou um dispositivo com canos...

Barbeiros emocionam ao raspar o cabelo para apoiar cliente que começará quimioterapia

Quando tudo parece desmoronar, são nos gestos de amor e de amizade que devemos nos amparar, como mostra esta história que vem emocionando tanta...

Crianças aprendem inglês nas aulas de horta e reciclagem em Curitiba

Você já deve ter percebido que crianças aprendem inglês de forma muito mais fácil que pra nós adultos. A escola Phil Young’s English School criou um...

Após mais de 70 anos juntas, elas finalmente puderam se casar nos EUA

As norte-americanas Vivian Boyack, de 91 anos, e Alice “Nonie” Dubes, de 90, finalmente se casaram mais de 70 anos depois de começarem a...

Instagram