Ex-Masterchef Brasil larga emprego de gerente de banco para cozinhar para pessoas pobres

Dar de comer é um ato de amor! É com essa filosofia que Antônio Júnior, ou simplesmente Juneo, participante da última edição do programa Masterchef Brasil, enxerga a vida. Foi através da empatia com pessoas em situação de rua e do amor pela culinária, que ele se dedicou inteiramente a cuidar dos mais necessitados.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Juneo ganhou destaque ao participar do Masterchef Brasil, mas sua história começa lá atrás, ainda na adolescência. O pai dele gostava de cozinhar para receber os amigos e, quando morreu, deixou bastante comida congelada. A família ficou durante dias cozinhando, lembrando do chefe da casa e celebrando a vida com os amigos.

Na casa de Juneo nunca faltou o pão de cada dia. Ele é filho de uma família de classe média. “Uma dessas famílias que têm mais do que precisam nesse abismo enorme de diferença entre as classes, dessa desigualdade que tem no nosso país”, contou.

Participante do Masterchef Brasil
Foto: reprodução

Com a morte do pai, o jovem passou a trabalhar em um banco e, pouco tempo depois, se tornou gerente. “Perdi esse emprego, porque o banco foi vendido. Eu tinha muito sonho, muita expectativa de vida, planos, trabalhar, ter filhos”, disse.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Foi depois deste episódio que ele decidiu ser voluntário em um projeto com pessoas em situação de rua. “Tive um encontro nas ruas e me senti injusto diante daquela realidade de ficar conversando com uma pessoa a noite inteira e depois ela voltar para a rua e eu voltar para casa”.

Bagunçou a mente e aquilo começou a mexer, começou a mudar meus valores, meu sentimento de justiça”, relembrou.

Tudo em nome de uma missão

A vida é mesmo uma ironia! Juneo trabalhava em uma instituição bancária, considerada por muitos um dos agentes responsáveis pela desigualdade no mundo. Depois da demissão, passou a ver o tamanho da carência de quem morava nas ruas.

Logo em seguida, recebeu um convite para ser supervisor de gerentes, mas não tinha mais como abandonar aquelas pessoas. “Nesse período, a favela pegou fogo. E eu pensei: ‘a casa onde a gente tinha como trabalho voluntário precisava virar abrigo, porque ninguém tem onde dormir'”, relata Juneo.

“O pessoal da igreja disse que alguém do projeto teria que morar lá e eu disse: ‘eu vou junto’! E comecei a morar no abrigo”. Eram mais de 50 pessoas no local.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Participante do Masterchef Brasil com várias crianças em abrigo
Juneo escolheu se doar pelos outros. Foto: arquivo pessoal

“Quando surgiu a vaga de supervisor de gerentes, os moradores perguntaram se eu ia abandonar agora que eles estavam reconstruindo as casas por causa do incêndio. Eu disse: ‘não vou voltar, essa é a vida que eu quero agora, missionário'”, detalhou.

A paixão pela culinária virou instrumento de transformação. “Gosto muito de cozinhar para as crianças, missionários, mochileiros, amigos. Vejo em Jesus esse exemplo maior, que usa como referência a mesa, o banquete, a ceia, o pão e o vinho como sacrifício, entrega e amor pelas pessoas”.

Foi contando sua história no programa que ele emocionou o público, os apresentadores e até os concorrentes do reality show. Emocione-se você também! 👇

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Hoje, Juneo coordena com a esposa o projeto Mochileiros de Cristo, que cuida de forma integral de crianças carentes do Jardim Aeroporto (SP). Seu sonho é publicar um livro de receitas que fale também sobre o significado do alimento e o amor de Jesus.

“Quero criar laços e amizades através da culinária, ir pro fogão, pro forno e atrair as pessoas. O maior transformado sempre é aquele que se dispõe”, finalizou 👏

O que não faltam são histórias que nos dão razões para acreditar! Dá o play e confira mais essa!

Selo Conteúdo Original Razões para Acreditar

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,413,626SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Advogados oferecem apoio jurídico a estudantes, professores e pais ocupantes das escolas de São Paulo

Nas últimas semanas, a página no Facebook "Não fechem minha escola” tem divulgado informações, fotos e vídeos sobre as ocupações de estudantes, professores e...

ONG que salvou pitbulls de “rinha” em Itu (SP) precisa de ajuda para cuidar dos cães

A ONG Amigos de São Francisco resgatou 11 pitbulls que passarão por tratamento e socialização

Neto visita avó à distância em PE: ‘Não vou me aproximar porque te amo, viu?’

A visita que Edmilson Leão foi fazer à avó na quinta-feira passada (26) foi um pouco diferente daquela que ele está habituado. Geralmente ele pede...

Reino Unido anuncia proibição da venda de cães e gatos em pet shops

As autoridades do Reino Unido (Inglaterra, Escócia, Irlanda do Norte e País de Gales) anunciaram a proibição em lei da venda de filhotes de...

Três estudantes alemães surpreendem sem-teto e melhoram seu dia

A vida é uma correria e nós muitas vezes passamos por pessoas e lugares sem reparar no mundo que está ao redor. Pensando nisso,...

Instagram