McDonald’s contrata mãe para que filha com deficiência intelectual trabalhe melhor

A jovem Ana Paula Cirilo, de 23 anos, nasceu com uma deficiência intelectual de origem congênita. A mãe, Maria da Conceição Cirilo, abdicou da própria vida para cuidar dela.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Apesar da doença, Ana foi paratleta por 11 anos. Ela disputou diversas competições de velocidade e também foi saltadora em distância. Mas, há quatro anos, ela abandonou o esporte para trabalhar com carteira assinada, numa franquia do McDonald’s.

A mãe costumava acompanhar a filha da casa para o trabalho e buscá-la no final do expediente. O início não foi fácil, Ana, devido à doença, tinha convulsões e a mãe era acionada. Quando ela passava mal, Maria da Conceição tinha que abandonar tudo o que estava fazendo para levar a filha ao hospital.

Foi assim durante dois anos, até o dia que a gerente do restaurante encontrou uma solução: contratar Maria da Conceição para trabalhar no mesmo local e horário da filha. Dessa forma, ela poderia acompanhar de perto a rotina de Ana Paula. Esse é o segundo emprego da dona de casa com carteira assinada.

“Ela se sente mais segura com a mãe por perto e com isso seu rendimento melhorou muito. As duas são ótimas funcionárias”, afirma a gerente Gilma Oliveira.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ana Paula é só gratidão ao esforço da mãe que não trabalhava para cuidar dela. “Ela abdicou da vida para ficar ao meu lado, para cuidar de mim. E agora trabalhar ao lado dela e ver a sua felicidade, também me deixa muito feliz.”

Maria da Conceição conta que a vida mudou depois que voltou a trabalhar. Até então, ela trabalhava em casa de família, lavando roupa ou cuidando de crianças, mas sempre de olho em Ana Paula. “Quando o telefone tocava já ficava com o coração na mão. Agora estou sempre perto da minha filha. A gente vem e volta para trabalhar juntas, é uma grande felicidade”, afirmou.

“Também me sinto realizada em ter tido uma chance. Na época, eu estava com 52 anos e tive a oportunidade de ter meu primeiro emprego com carteira assinada. Não me sentia capaz. Mas acreditaram em mim e hoje sou muito feliz e agradecida”, falou Conceição.

Mas, elas têm mais um motivo para estarem felizes. Ana Paula descobriu que está grávida de seis meses da pequena Ana Júlia.

Veja também: Funcionária se atrasa, pede demissão, mas patrão surpreende com atitude louvável

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Com informações do jornal novo / Foto: Reprodução

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
2,835,148SeguidoresSeguir
24,755SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Casal junto há mais de 50 anos ganha ensaio encantador

Paulo sofre de Alzheimer há 11 anos, mas jamais esqueceu do seu grande amor.

Doguinho rosa que nasceu surdo e cego vira inspiração para crianças lidarem com as diferenças

Um filhote de cachorro cor-de-rosa chamado 'Piglet' (em referência ao personagem "Leitão", de Ursinho Pooh) tornou-se um símbolo de aceitação e inclusão para as...

Idosa recebe cartas de amor quase 70 anos depois do seu envio durante a II Guerra

Já fazia duas semanas que algumas cartas dirigidas a Dorothy Bartos chegaram na casa de Martha Rodriguez em Chicago. As cartas eram de um marinheiro...

Antes de morrer, australiana escreve carta com conselhos valiosos sobre a vida

É muito triste quando uma pessoa jovem, com a vida inteira pela frente, morre cedo. Foi o que aconteceu com a australiana Holly Butcher,...

Instagram

McDonald's contrata mãe para que filha com deficiência intelectual trabalhe melhor 4