Em parceria com McDonald’s, startup brasileira capacita e emprega moradores de rua

A Escola Conquer, uma ‘aceleradora de pessoas’ desenvolvida no Vale do Silício com filiais em Curitiba e São Paulo já atendeu mais de 5.000 pessoas desde sua fundação, em 2016.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A instituição ensina habilidades como produtividade, capacidade de criar relacionamentos, comunicação, inteligência emocional, resolução de problemas e muitas outras. Em resumo, habilidades do século 21.

Com alunos que variam entre graduandos de 18 anos à empreendedores e CEOs que já passaram dos 50, a aceleradora se especializou no ensino de técnicas-chave para executivos e administradores, como liderança, negociação, oratória, persuasão e produtividade.

Leia tambémStartup contrata grávida e cria programa para a equipe ser composta por 50% de mulheres

Seguindo a tendência das chamadas micro-certificações e aprendizado ao longo da vida, as aulas na Conquer são feitas através de módulos, cada um com duas habilidades. O módulo de “Alta Performance”, por exemplo, combina inteligência financeira com produtividade. Os cursos duram de 6 a 10 semanas, com uma aula semanal de três horas de duração.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Os materiais de estudo são passados de maneira adiantada aos estudantes, já que as aulas são reservadas para resolver estudos de caso práticos. Os cursos listados no site são Alta Performance, Coragem, Poderes Especiais, Visão e Leadership Experience.

Trabalho Novo

Os professores da Conquer foram convidados pelo McDonald’s a participar do programa “Trabalho Novo”, iniciativa social com o objetivo de capacitar e empregar moradores de rua e pessoas em situação vulnerável.

Ao longo de seis meses de projeto, foram ministradas aulas de Protagonismo, Inteligência Emocional, Educação Financeira e Vendas, capacitando 50 pessoas ao todo. A meta da instituição é capacitar 30 participantes por mês.

Na semana passada, aconteceu a formatura da primeira turma do Trabalho Novo. Dá só uma olhada:

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Uma publicação compartilhada por Escola Conquer (@escolaconquer) em

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Transformar a educação no Brasil é nosso sonho grande. Já fazemos isso com nossos cursos e treinamentos in company e agora com essa parceria incrível com o McDonald’s. Nós não poderíamos estar mais felizes!”, escreveu a Conquer em um post do Instagram.

A aceleradora também exaltou a linda iniciativa do McDonald’s em promover atividades de responsabilidade, inclusão e empreendedorismo social. E que mais projetos como este sejam levantados Brasil afora!

Leia tambémStartup desenvolve super colchão para atender necessidade de ‘trisal’ paulista

Compartilhe o post com seus amigos!

  • Siga o Razões no Instagram aqui.
  • Inscreva-se em nosso canal no Youtube aqui.
  • Curta o Razões no Facebook aqui.

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
2,778,819SeguidoresSeguir
23,895SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Designer cria prótese que combina resistência, leveza e elegância

Feita com titânio sinterizado a laser, a Exo Prótese é personalizada para cada usuário.

Vigia de escola entra para a universidade e sonhar em dar aulas

Manoel Castro dos Reis entrou para a universidade com o objetivo de dar aulas na escola em que trabalha como vigia.

A despedida emocionante de Lucas do seu cão-guia Timmy: “Eu vou sentir a sua falta”

Alguém me dá um lencinho porque os meus foram embora... 😭😭😭

Funcionários de hospital criam barreira ‘anti-Covid’ para poder almoçar juntos com segurança

O pessoal que trabalha no Serviço de Nutrição do Hospital Estadual Alberto Rassi (HGG), em Goiânia (GO), agora pode almoçar junto, graças a uma...

Cidade no Canadá resolve questão dos sem teto de maneira simples e eficaz

Uma pequena cidade chamada de Medicine Hat, localizada no estado de Alberta, no Canadá conseguiu resolver a questão das pessoas sem teto de maneira...

Instagram

Em parceria com McDonald's, startup brasileira capacita e emprega moradores de rua 2