Mecânico cria ‘estúdio’ improvisado dentro do guarda-roupa para fazer ensaios de plantas caseiras

A pandemia de Covid-19 e as medidas de isolamento social geraram novas práticas e boas ideias na rotina de muita gente atenta aos movimentos da natureza.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

É o caso de um mecânico de manutenção de Pirassununga (SP) que tem incentivado a população a olhar para o mundo mais de perto, cuidadosamente.

Desde maio do ano passado, quando o isolamento social foi decretado, Leonardo Fugolari criou um estúdio fotográfico em casa – mais especificamente, dentro do seu guarda-roupa.

estúdio caseiro plantas brasileiras

“Como não estava indo para o trabalho, decidi ocupar meu tempo com dois de meus hobbies prediletos: a fotografia e a observação da natureza”, contou. O passatempo logo se tornou um propósito: criar uma espécie de catálogo sobre plantas que podem ser vistas em qualquer lugar, inclusive na cidade grande.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Elas podem estar perto de sua casa, no seu serviço ou até mesmo no seu quintal e você nunca soube qual a espécie”, descreveu o observador.

Para facilitar o acesso do público ao seu trabalho, Leonardo criou uma página nas redes sociais para difundir os conhecimentos. “O nome ‘Ó de perto’ foi pensado justamente para que o público veja mais de perto os detalhes e algumas características ou curiosidades relacionadas a cada espécie”, explicou.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Folhas, frutos, penas e flores coletada na casa do mecânico são levados ao seu mini-estúdio, improvisado dentro do guarda-roupa.

“Fica dentro do meu guarda-roupa mesmo! Crio algum tipo de suporte para cada exemplar, a fim de deixá-lo imóvel e faço também a pós-produção em softwares de edição de imagens”, contou Leonardo.

Seu caprichado trabalho busca instigar a curiosidade e o amor pela natureza e fazê-las prestar mais atenção desde os pequenos seres até às mais frondosas árvores.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Desde o início do projeto venho guardando sementes dos frutos que já coletei, então pretendo plantá-las e fazer algum tipo de acompanhamento do desenvolvimento das plantas na página. A criação de um foto livro também passa por minhas ideias, que talvez com a ajuda de biólogos trouxesse um material bem mais completo”, imaginou.

Fonte: G1
Fotos: Leonardo Fugolari/Acervo Pessoal

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,646,211SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Coletores de lixo criam biblioteca comunitária com milhares de livros encontrados nas ruas

Um grupo de coletores de lixo de Ancara, na Turquia, se uniu para abrir uma biblioteca pública com os livros que eles coletaram ao...

A paratleta Sarah Storey já ganhou 22 medalhas olímpicas em três esportes diferentes

A mulherada está com tudo nas Paralimpíadas Rio 2016! No caso de Sarah Storey, está mais do que com tudo. Sem cansar de superar...

[VÍDEO] Motociclistas viajam 312 km pelo MS para animar veterano da 2ª Guerra Mundial

O grupo Germanus MCLE (Moto Clube Law Enforcement) foi criado para homenagear os veteranos da FEB (Força Expedicionária Brasileira) e neste final de semana,...

Gambás pigmeus são achados na Austrália após incêndio florestal que destruiu seu habitat

Os gambás pigmeus são considerados os menores do mundo - e provavelmente os mais fofos também! 😍 -. Eles tiveram seu principal habitat destruído...

Menina de 9 anos vende pulseiras por R$ 5 para realizar o sonho de construir casa para família

A Lorelayse tem apenas 9 anos e já carrega no coração, sonho de gente grande! Ela começou a vender pulseirinhas de miçanga para ajudar...

Instagram