Medalhas com guizos possibilitam que atletas paralímpicos possam escutá-las

As Paralimpíadas Rio 2016 estão emocionantes e extremamente vibrantes com o tanto de gente reunida para torcer na Cidade Olímpica. Agora uma novidade que deixou todo mundo curioso foi quando os atletas com deficiência visual começaram a chacoalhar suas medalhas no pódio. O motivo? Pela primeira vez, eles podem diferenciá-las através do som.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Friedemann Vogel / Getty Images
A neozelandesa Mary Fisher ouvindo sua medalha de ouro dos 100ms nado costa.

A produção de 5 mil medalhas com a deusa da vitória Nike estampada inclui a inscrição “Rio 2016 Paralympic Games” em braile e, através de um gesto simples, permite que os atletas cegos possam descobrir o prêmio que têm em mãos: ouro, prata ou bronze.

Foto: Buda Mendes / Getty Images
A nadadora Amy Marren, da Grã-Bretanha, sente a medalha de bronze. 

O som é emitido por meio de bolinhas de metal (guizos), que, de acordo com a quantidade, revela qual é o material da medalha. A de ouro, por exemplo, carrega 28 pequenas esferas em seu interior, enquanto a de prata tem 20 e a de bronze, 18. A sensação de vitória e descoberta do que se tem em mãos certamente traz encantamento para quem chegou ao pódio.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O nadador brasileiro Matheus Souza curtindo o som de sua medalha de bronze. Foto: Buda Mendes / Getty Images
O nadador brasileiro Matheus Souza curtindo o som de sua medalha de bronze. 

Os métodos de inclusão ficam mais ricos com a chegada dessa experiência sensorial, que consegue emocionar ainda mais os vencedores das provas como atletismo, natação e vela. Delicada e ao mesmo tempo extremamente simbólica, a iniciativa da organização da Rio-2016 merece uma medalha de ouro.

Este aí em cima é o nadador Bradley Snyder ouvindo a medalha de ouro.
Este aí em cima é o nadador Bradley Snyder ouvindo a medalha de ouro.

O vídeo abaixo mostra o processo de produção das medalhas que “falam”. Olha só:

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

14305461_10154572790299216_5585123601662759332_o

Sabia que você pode ajudar a monitorar sintomas de doenças diariamente e com isso ajudar na prevenção, tratamento e mapeamento de casos de uma região? O app Guardiões da Saúde te auxilia nisso, conheça aqui.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,022,307FãsCurtir
2,165,102SeguidoresSeguir
11,591SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Batismo de bebê conta com bençãos de familiares católicos, espíritas, evangélicos e umbandistas

Quando completou três meses de vida, o pequeno Iago recebeu as bençãos de sua família, cada qual à sua maneira: uma avó é católica,...

Jovens e agricultores se unem e abrem bibliotecas na zona rural da Paraíba

Eu já estou apaixonado por essa história antes mesmo de começar a contar pra vocês. Esse é um exemplo de que a união entre...

Com 4 filhos pequenos, dona de casa abandonada por marido recebe apoio de internautas

A jovem mamãe Andreza Santos Araújo, 23 anos, mora e cria sozinha seus quatro filhos pequenos em Várzea Grande, Mato Grosso. Desde que o...

Universitário de 92 anos se adapta à tecnologia e nos dá uma linda lição de resiliência e otimismo

Não existe idade certa para realizarmos nossos sonhos e o universitário Carlos Augusto Manço, que entrou na faculdade aos 90 anos, é um dos...

Supermercado mobiliza internautas e encontra cliente que perdeu R$ 840 dentro da loja

O seu João foi fazer compras no supermercado Rei da Economia, em Solânea (PB), e acabou deixando cair uma bolada de R$ 840 no...

Instagram