Início INSPIRAÇÃO Gentilezas Médica melhora vida de paciente idosa com uma atitude simples

Médica melhora vida de paciente idosa com uma atitude simples

Tainá Ruas é médica e publicou um relato em seu Facebook que mostrou como um gentileza pode fazer toda a diferença na vida das pessoas.


Clique no play acima para ouvir essa matéria narrada!

Ela contou que fez uma visita domiciliar a uma idosa, usuária do programa federal HiperDia (que acompanha pacientes Hipertensos e/ou Diabéticos).

A paciente tinha uma porção de remédios pra tomar, e estava com a diabetes e a hipertensão descontrolada. Além disso, ela passava por alguns problemas pessoais que pioravam o estado de sua saúde.

Tainá mediu sua glicemia e pressão e lhe orientou uma dieta e remédios.

Até aí, nada demais. Mas a médica explica que ao ouvir com atenção a história da idosa, tudo mudou.

“Outro dia eu ouvi sobre “transfusão de serenidade”, foi o que a gente fez naquele momento”, explicou.

Ao conversar com a agente de saúde, ela descobriu que o grande problema da idosa era não tomar a medicação corretamente, além dos problemas pessoas.

Tainá então teve uma ideia.

Ela foi a uma loja que vende vasilhas de plástico e encontrou algumas para colocar os remédios da paciente. Ela também escreveu legendas nas caixinhas, indicando o horário para que eles fossem tomados.

Médica melhora vida de paciente idosa com uma atitude simples 1

Na visita seguinte, Tainá já recebeu uma ótima notícia: a idosa estava melhor emocionalmente. A médica então entregou as caixinhas e lhe explicou tudo.

Com os medicamentos em suas respectivas caixas, Tainá a orientou  quanto ao momento certo de tomar cada um deles, explicando de maneira detalhada como entender as legendas.

“É pouco, mas é o que me encanta nessa tal ‘medicina centrada na pessoa’. Adequar o saber ao que é acessível e compreensível para cada sujeito. Por mais dias assim!’, escreveu.

“A ideia da caixinha com legenda foi a adaptação de uma receita médica que vi outro dia aqui no Facebook. Na receita a médica desenhava o formato dos remédios e colou um exemplo de cada um no papel, para que a paciente não fizesse confusão e o tratamento tivesse mais adesão. Parece besteira, mas boas intenções/ideias geram novas boas intenções e ideias”, concluiu.

Fotos: Reprodução Facebook

Relacionados

Quer receber boas notícias todas as manhãs?

982,428FãsCurtir
1,682,288SeguidoresSeguir
8,253SeguidoresSeguir
11,000InscritosInscrever

+ Lidas

Designer da UFMG cria embalagem sustentável de pasta de dente que pensa fora da caixa – literalmente!

Um projeto acadêmico liderado por Allan Gomes, da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), repensa a maneira como as embalagens são dispostas aos consumidores...

Mãe pede pizza só para ver o filho entregar no primeiro dia de trabalho

Lindo gesto de amor da mãe para incentivar o filho no novo trabalho!

Pesquisadora de Manaus desenvolve plástico biodegradável a partir do cará

Quem já comeu sabe o quanto o cará é saboroso. O tubérculo, que é bem parecido com o inhame, é rico em fibras e...

Casal gay adota bebê com HIV que foi rejeitada por 10 famílias

Pouco depois de nascer, Olivia foi abandonada em um orfanato. Na fila de adoção, foi rejeitada por 10 famílias. O motivo? A menina é...

Jovem abre espetinho e amigos aparecem para ‘dar uma força’ em Curitiba (PR)

No início deste mês, o usuário @Chrystofer_99 comentou no seu Twitter que planejava abrir um espetinho. A ideia era fazer um 'teste' com sua família,...

Instagram